Brasil também é o país do judô

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) promoveu a segunda edição da Taça Brasil de Juniores,no último final de semana, entre os dias 06 e 07/05, no ginásio Galegão, em Blumenau,Santa Catarina.

 

A competição visa pontuação no ranking Brasil sub 21,e se torna uma vitrine para a descoberta de futuros judocas dessa nova geração.

Essa modalidade representa com maestria o nosso país. Nesses últimos 25 anos ,começou a escrever uma linda e vitoriosa história nos tatames brasileiros e mundiais.

Em 1992,O atleta Rogério Sampaio conquistou a primeira medalha de Ouro olímpica para o Brasil em Barcelona.Aos poucos,foram surgindo atletas de grande destaque na modalidade: Aurélio Miguel, Thiago Camilo,Flávio Canto,além dos atuais medalhistas olímpicos como Rafaela Silva,medalha de Ouro em 2016 no Rio de Janeiro, Mayra Aguiar e Rafael Silva,ambos medalhistas de bronze no ano passado.

O atual presidente da CBJ,Sílvio Acácio Borges abriu a cerimônia do evento no primeiro dia de competições , e destacou o excelente desempenho dos judocas brasileiros tanto a nível nacional quanto internacional.

Segundo informações do website oficial do IJF (Internacional  Judo Federation),o Brasil já esteve esse ano em primeiro lugar no ranking dos países praticantes da modalidade, e um atleta brasileiro,Erik Takabatake,categoria até 60 kg, está na quarta colocação individual nessa categoria .

Com certeza o Judô ainda trará muitas alegrias para o nosso povo brasileiro,que merece bons exemplos de pessoas vitoriosas, com dedicação, disciplina, foco no objetivo desejado, comperseverança e muito profissionalismo.

 

Boa sorte judocas!!!

 

Gislaine Maciel