Análise: Santos aposta em manutenção do elenco no Brasileirão

Crédito da Foto: Reprodução/Facebook Santos Futebol Clube

O Santos foi muito bem na última edição do Brasileirão, quando terminou na segunda colocação e chegou até mesmo a sonhar com o título. Neste ano, o clube espera fazer outra excelente campanha e para isso conta com um trunfo que não é tão fácil de ser no futebol brasileiro.

Trata-se da manutenção do elenco e de um trabalho de treinador à longo prazo. Isso porque, o time não perdeu nenhuma peça importante de 2016, além de ter Dorival Júnior como comandante desde meados de 2015, ou seja, sua proposta de jogo já é conhecida por todo o elenco.

LEIA MAIS:
VEJA O RANKING DAS DEFESAS MENOS VAZADAS ENTRE OS TIMES DA SÉRIE A EM 2017

A parte negativa diz respeito às oscilações que o alvinegro tem tido nesta temporada. Depois de terminar o ano passado muito bem, esperava-se que o Santos fosse começar 2017 “voando”, porém isso não aconteceu. Dorival sofre com as “cornetas” de alguns torcedores e também dirigentes que não compactuam com seu trabalho, ainda mais por se tratar de período político no Peixe.

Unido a isso, está o fato de, mesmo reforçado, o elenco do clube ainda não é vasto, assim como boa parte dos elencos das equipes brasileiras também não são. Esse fator pode pesar ao longo de 2017, ainda mais que terá que conciliar Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Libertadores.

Provável escalação:

Santos - Football tactics and formations

Por outro lado, é possível destacar positivamente a volta do bom futebol de Lucas Lima, que tem recuperado grandes atuações e mostra que tem tudo para ser o maestro do meio campo santista, chamando a responsabilidade e dando assistências. Além dele, Thiago Maia é outro que volta a ter boas atuações, isso sem citar a regularidade demonstrada por Vanderlei e Renato.

A expectativa é de mais uma boa campanha do Santos no Campeonato Brasileiro. O clube luta por vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América, podendo até mesmo sonhar com título, mas com chances de ser prejudicado pelo péssimo calendário do país.