Sport elimina o Náutico com empate e está na final do Pernambucano

FOTO: Sport Club do Recife

Sport e Náutico empataram neste domingo, em 1 a 1, na partida de volta da semifinal do Campeonato Pernambucano, na Arena de Pernambuco. O Timbu saiu na frente, com Giovanni, mas permitiu a igualdade na primeira etapa, com Matheus Ferraz. Como havia vencido o primeiro confronto, na Ilha do Retiro, por 3 a 2, o Sport avança à final da competição e decidirá contra Salgueiro. Ao Náutico, sobrou a decisão pelo terceiro lugar contra o Santa Cruz e a vaga na Copa do Nordeste 2018.

Fora da semifinal, Donatti pode desfalcar Flamengo também na Libertadores

Penapolense vence o São Caetano na despedida da A2

Penapolense vence o São Caetano na despedida da A2

Paulistão Série A2: confira a classificação final da primeira fase

Os rubro negros agora voltam suas atenções para a Copa do Nordeste e começam a jogar a semifinal no próximo sábado, contra o Santa Cruz. O jogo acontece na Ilha do Retiro. O Náutico terá a disputa do terceiro lugar do Campeonato Pernambucano antes de estrear na Série B.

O início de partida começou bastante pegado e faltoso, mas com o Náutico buscando mais jogo e levando perigo nas investidas ofensivas. A mais perigosa veio quando Erick fez jogada individual, e driblou Rithely e Ronaldo e mandou uma bomba. A bola desviou em Matheus Ferraz e carimbou a trave.

Melhor em campo, o Náutico foi premiado após Giovanni subir mais alto para testar a bola para o gol, sem chances para Magrão. O gol premiava a boa atuação dos alvirrubros, que levaram um susto quando André subiu sozinho e testou livre, mas jogou para fora.

Após o gol, o Náutico não teve muito tempo para comemorar. Três minutos depois, Matheus Ferraz aproveita cobrança de falta de Fabrício e subiu para mandar de cabeça, sem chances para Tiago Cardoso.

Na volta para o segundo tempo, Milton Cruz não mexeu. O Sport, mais precavido, se fechou bem e impediu as chegadas dos alvirrubros. Com isso, a primeira chance real de gol foi dos rubro-negros, quando Rogério ficou na cara do goleiro Tiago Cardoso, tentou driblar e se enrolou na hora do chute.

O Náutico, por outro lado, tentou até o fim, teve mais volume e presença ofensiva, mas esbarrava em suas próprias limitações. . Porém, a defesa do Leão estava segura e administrou a partida o quanto pôde, garantindo o empate e a classificação para a final do Pernambucano.

FICHA DO JOGO:


Náutico: Tiago Cardoso; David, Tiago Alves, Ewerton Páscoa e Manoel; Darlan, Giovanni (Giva), Marco Antônio (Alison) e Dudu (Maylson); Erick e Anselmo
Técnico: Milton Cruz

Sport: Magrão; Samuel Xavier (Raul Prata), Matheus Ferraz, Durval e Mena; Fabrício, Ronaldo, Rithely (Rodrigo), Diego Souza e Rogério; André (Lenis)
Técnico: Ney Franco

Local: Arena de Pernambuco
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Marcelo Van Gasse (Fifa-SP) e Emerson Augusto (Fifa-SP)
Cartões amarelos: Ewerton Páscoa, Maylson (NAU); Samuel Xavier, Rithely (SPO)
Cartão vermelho: Ewerton Páscoa (NAU)
Gols: Giovanni (NAU); Matheus Ferraz, (SPO)
Público: 19.541
Renda: R$ 283.440,00.