Spalletti comenta derrota da Roma: “temos de aceitar as críticas”

Spalletti
Reprodução / Facebook Roma

Perder um dérbi nunca é fácil de digerir. Ser derrotado em um jogo como esse e ter as chances de título praticamente reduzidas a zero, então, nem se fala. Este é o cenário da Roma após o revés diante da Lazio neste domingo. O placar de 3 a 1 para o arquirrival acendeu o sinal de alerta no time do técnico Luciano Spalletti.

O comandante entende que perder o clássico foi um verdadeiro “golpe psicológico” para sua equipe. A Roma possui 75 pontos contra 84 da líder Juventus, que pode ser hexacampeã já na próxima rodada. “Nós começamos bem, jogamos o que pensávamos que tínhamos que jogar e criamos várias chances, mas em seguida concedemos a chance do gol da Lazio”, comentou o treinador.

LEIA MAIS
Inter de Milão quer Simeone na próxima temporada
Totti comemora 25 anos de carreira e ganha chuteira especial

“Naturalmente, isso é um golpe psicológico. Você começa a pensar que não é o jogo que você estava esperando, daí comete erros que não cometeria e se torna um jogo aberto. No meio da partida já não éramos a equipe que sabemos que somos”, explicou Spalletti.

O técnico da Roma ainda lamentou a falta de sorte de sua equipe em alguns lances, mas assumiu que a Roma precisa digerir o resultado e aceitar as críticas de cabeça erguida. “Se você olhar para o jogo de hoje, fomos mais fracos na defesa. Depois de um resultado como este, você tem que aceitar todas as críticas. Perdemos a nitidez, tomamos decisões ruins, tivemos falta de sorte nos lances, já que tanto o primeiro como o segundo gol foram gols desviados”, finalizou.

PRÓXIMA RODADA

A Roma terá na próxima rodada um duelo importante diante do Milan. Além de enfrentar o rival em pleno estádio San Siro, este jogo poderá ser fundamental para a decisão do campeonato. Se não vencer e a Juventus pontuar, a equipe de Turim será campeã. Além disso, caso não consiga os três pontos em Milão, o Napoli terá a chance de ultrapassar o time da capital na classificação geral.

Foto: Reprodução / Facebook Roma