Opinião: São Paulo derrota Cruzeiro em BH, perde a vaga, mas ganha no final

Pratto
Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O São Paulo foi ontem a Belo Horizonte com a difícil missão de reverter o placar adverso de dois a zero da primeira partida no Morumbi realizada no último dia 13 de abril.

O técnico Rogério Ceni levou para Minas Gerais um esquema de jogo bem agressivo e com surpresas na escalação, como Bruno na lateral, João Schmidt de primeiro volante, Wesley, Cícero e Morato, jovem promessa do tricolor.

LEIA MAIS:
SÃO PAULO X CORINTHIANS: ASSISTA AOS GOLS DA PARTIDA NO MORUMBI
5 MOTIVOS PARA ACREDITAR QUE O SÃO PAULO REVERTERÁ A DESVANTAGEM SOBRE O CORINTHIANS

A ousadia do treinador foi recompensada com um futebol competitivo e intenso que levou a equipe paulista à vantagem no primeiro tempo com um gol de Lucas Pratto, o primeiro fora do Morumbi, aos 14 minutos e que teve outra grande oportunidade para aumentar o placar, salvo pelo arqueiro Rafael, com a bola ainda batendo na sua trave direita.

O predomínio paulista começou a desmoronar na segunda etapa, quando a equipe mineira veio mais ligada no jogo, e em um lance que Nelson Rodrigues chamava de coisa dos “Deuses do futebol”.

O atleta mais comentado durante a semana após a derrota para o Corinthians, Rodrigo Caio, por ironia do destino, falhou e deu origem à falta que foi bem aproveitada por Thiago Neves, empatando a partida, com desvio na barreira matando Renan Ribeiro.

Não obstante ao golpe, o São Paulo continuou lutando em busca de mais dois gols, que lhe daria a classificação. Ceni colocou Gilberto e Thomaz, as alterações surtiram efeito e o gol não demorou a sair.

Gilberto que está em uma fase muito feliz, colocou novamente a equipe à frente aos 33 minutos e faltava somente mais um gol  para a épica classificação.

Não faltou luta e persistência, porém, Mano Menezes reforçou a marcação com Henrique no lugar do Mayke e Allison no do cansado Arrascaeta, o suficiente para segurar o ímpeto tricolor e ameaçar em rápidos contra-ataques.

O São Paulo perdeu a classificação, contudo, ganhou corpo e alma para tentar reverter o placar adverso contra o Corinthians pelo Campeonato Paulista no domingo.

Aos poucos, Ceni vai dando padrão de jogo e confiança para seus comandados, que a médio e longo prazos podem render bons frutos para sua impaciente torcida.