Patrocinador máster negocia com São Paulo, mas faz exigência para fechar acordo

Crédito da Foto: Reprodução/Twitter Central SPFC

O São Paulo está próximo de fechar com seu novo patrocinador máster para a temporada, após o fim do contrato com a Prevent Senior. Só que para que o Banco Intermedium estampar sua marca no lugar nobre da camisa tricolor, há um entrave envolvendo o técnico Rogério Ceni.

A empresa exige também patrocinar os uniformes do treinador são-paulino. O problema é que Ceni não tem contrato de direito de imagem com o clube, segundo reportagem desta quinta-feira (20) do jornal Lance!. Para isso, o banco precisa negociar diretamente com o comandante.

VEJA MAIS
DICAS PARA TORCEDORES EM JOGOS COM GRANDE PÚBLICO
ROGÉRIO PODERÁ TER MAIS DESFALQUES PARA O MAJESTOSO
RODRIGO CAIO NÃO SE ARREPENDE DE FAIR PLAY EM CLÁSSICO: “FIZ A COISA CERTA”

No início do ano, uma polêmica quase afastou um dos patrocinadores atuais da comissão técnica, a Corr Plastik. O M1TO não aceitou usar uniforme durante os jogos, somente nos treinamentos, o que causou um impasse entre as partes. Nas partidas, ele sempre veste social. Para compensação, a marca foi para o lugar nobre da camisa da equipe, desde a saída da Prevent Senior.

Na pré-temporada, em Orlando (EUA), Ceni aceitou usar a logomarca da Corr plastik na camisa de treinos, devido ao bom relacionamento com o departamento de marketing, liderado Vinicius Pinotti, que agora será gerente de futebol do São Paulo na nova gestão do presidente Leco no clube.



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.