Opinião: se Neilton não ‘estourar’ no São Paulo, não ‘estoura’ mais no futebol

Neilton, atacante do São Paulo
Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Contratado como uma das grandes apostas para a temporada 2017, o atacante Neilton ainda não mostrou a que veio ao São Paulo. Após uma ótima temporada no Botafogo, onde ajudou o time a classificar à Libertadores, a expectativa era muito grande em torno dele.

Nas poucas vezes em que atuou, não mostrou a movimentação necessária em campo e a habilidade característica de seu futebol. Resultado: perdeu espaço rapidamente com o técnico Rogério Ceni. Em seu lugar, Luiz Araújo vem mostrando melhor desempenho, apesar de nos últimos jogos também ter caído de rendimento.

VEJA MAIS
OPINIÃO: GILBERTO RECUPERA BOA FASE DE CLUBES ANTERIORES E SE TORNA ESSENCIAL PARA CENI
OPINIÃO: ENFIM CENI DEU CHANCE PARA RENAN RIBEIRO, O MELHOR GOLEIRO DO ELENCO DO SÃO PAULO

Nos últimos quatro jogos, Neilton sequer foi a campo. No total, são apenas 300 minutos com a camisa do Tricolor até o momento, algo equivalente a três jogos inteiros, mais 30 minutos. Pouco para quem ano passado foi um dos grandes destaques do futebol nacional.

No São Paulo, é a hora de “estourar” no futebol e quem sabe cavar um espaço em algum clube europeu lá na frente. Se não for bem no clube do Morumbi, dificilmente atingirá um patamar maior do que se encontra, e será um daqueles jogadores que vão rodar, rodar e rodar em equipes médias do país.



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.