Opinião: Messi, o ET no meio do futebol

Real Madrid x Barcelona. Santiago Bernabéu. 45 do segundo tempo. Qualquer um estaria nervoso com essa situação, com o empate em 2×2 entre os melhores times do mundo.

Mas não Lionel Messi. Autor do primeiro gol do Barça no jogo, o argentino lutou bravamente, tomou cotovelada, jogou com curativo na boca praticamente em todo o primeiro tempo.

Com a bola grudada em seus pés e usando toda a sua magia natural, ele chamou a responsabilidade no momento certo. No último lance.

Em contra ataque rápido, Jordi Alba passou para trás e Messi chegou voando, do jeito que só ele sabe e tocou a bola no cantinho de Navas, marcando o gol de número 500 com a camisa do clube culé. Calou o Bernabéu e mostrou ao público que lá estava e ao mundo todo, quem ele é.

Ele é simplesmente Lionel Messi, o ET no meio do futebol.