Opinião: Corinthians x Ponte Preta é um presente para o futebol paulista celebrar 40 anos da final histórica

Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Com o apito final em Itaquera, o Corinthians confirmou presença na final do Campeonato Paulista, após empatar com o São Paulo por 1 a 1 na Arena Corinthians. Do outro lado, a Ponte Preta passou pelo Palmeiras mesmo perdendo por 1 a 0 no último sábado (22) no Allianz Parque, pois já havia vencido por 3 a 0 em Campinas.

Seria uma final diferente por não ter a presença de dois dos considerados grandes clubes do estado de São Paulo, mas Corinthians x Ponte Preta não é um jogo normal desde 1977, quando as duas equipes fizeram uma final histórica de Campeonato Paulista, onde apenas depois do terceiro jogo o Timão conquistou um título após 22 anos na fila sem nenhuma conquista de expressão.

LEIA MAIS: PRESIDENTE DO CORINTHIANS​ COMEMORA FINAL CONTRA A PONTE POR “MARKETING”
SÃO PAULO É ELIMINADO PELO CORINTHIANS E VIRA PIADA NA WEB; CONFIRA OS MEMES
RODRIGUINHO PODE ATINGIR MARCA ESPECIAL SE ENTRAR EM CAMPO CONTRA O SÃO PAULO

Para o Paulistão, a exibição desse duelo em uma final após 40 anos, pode ser considerado um presente dos ‘deuses do futebol’. A importância desse título para o Corinthians é tanta, que o autor do gol que deu a vitória ao clube do Parque São Jorge, o Basílio, é considerado um dos grandes ídolos da história do clube com apenas 29 gols marcados e dois títulos no currículo, o Paulista de 1977 e o de 1979, ganho novamente em cima da Ponte Preta.

A final alvinegra inicia no próximo domingo (30), em Campinas e encerra na casa do Corinthians, em Itaquera no dia 07 de maio. Tem tudo para ser dois jogos de arrepiar o torcedor. A Macaca tem um dos artilheiros da competição, William Pottker, que já balançou a rede nove vezes na competição. O Timão tem no setor defensivo a maior esperança de segurar o ataque campineiro, foram apenas dez gols sofridos até aqui.

O fato é que reeditar um final com tamanha história após exatos 40 anos em que ela aconteceu, pode render um bom novo capítulo para o Paulistão, que por muitas vezes é visto como um campeonato chato e não recebe do torcedor o carinho que merece. Futebol é feito de história, essa é a hora de escrever mais uma!