OPINIÃO: Botafogo é quem joga melhor dos brasileiros na Libertadores

Reprodução/Facebook Botafogo

Confesso que sempre fiquei com “um pé atrás” em relação ao Botafogo na Copa Libertadores da América. Tinha a sensação que a qualquer momento os cariocas fossem sair dos trilhos e decepcionar. No entanto, tenho me surpreendido positivamente com o clube.

Terminado o “primeiro turno” da fase de grupos, posso afirmar, sem sombra de dúvidas, que o Botafogo é o melhor entre os times brasileiros na competição continental. Não estou contando apenas em pontos conquistados, mas também pelo desempenho dentro das quatro linhas.

LEIA MAIS:
PAPO TÁTICO: COMO O BOTAFOGO COMPLICOU UM JOGO QUE PODERIA TER VENCIDO SEM SOFRER MUITO

A equipe comandada por Jair Ventura não era sequer cotada para se classificar à Libertadores no ano passado. Ignorou todas as opiniões e comentários, chegou à competição, despachou dois campeões (Colo Colo e Olímpia) ainda nas preliminares e tem feito campanha excepcional em um dos “grupos da morte”, no qual está ao lado do atual vencedor Atlético Nacional-COL, do tetracampeão Estudiantes-ARG e do tradicional Barcelona de Guayaquil-EQU.

Se os rivais eram considerados difíceis para a fase de grupos, o time da Estrela Solitária pareceu não se importar com isso nas três primeiras rodadas. Encontrou dificuldades contra os argentinos, ainda sim venceu por 2×1. Vieram os atuais campeões e o Atanasio Girardot lotado, vitória por 2×0. Em seguida, o caldeirão do Monumental, em Guayaquil, 1×1.

O Botafogo tem padrão tático. Aposta bastante nos contra-ataques, sempre com o meio campista Camilo sendo responsável por acionar os atacantes. Até mesmo o questionado Rodrigo Pimpão faz boa Libertadores. No gol, Gatito Fernández demonstra segurança, bem como a dupla de zaga Carli e Emerson Silva. Victor Luis é a válvula de escape pelo lado esquerdo.

Havia muita expectativa por outros times brasileiros, como Palmeiras, Flamengo, Atlético-MG e Santos, os três primeiros pelo alto investimento e qualidade dos elencos, enquanto o último pela continuidade de um trabalho e também pela qualidade individual dos jogadores. No entanto, essas quatro agremiações tem tido atuações irregulares e tropeços. Com isso, o Botafogo desponta como a principal força brasileiro, no momento, na Copa Libertadores.