Open Internacional Loterias Caixa: medalhistas das Paralímpiadas Rio 2016 abrem Superfinais do

Créditos: Foto: // Alexandre Urch/CPB/MPIX

Neste sábado (22), grandes estrelas da natação brasileira dividiram a piscina do Centro de Treinamento de Paralímpico Brasileiro em São Paulo, para a superfinal do Open Internacional de Atletismo e Natação Loterias Caixas realizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

Os Paratletas disputaram a prova que abriu a final da competição, a prova multiclasse contou com seis grandes medalhistas dos jogos Paralímpicos Rio 2016, entre eles a estrela Daniel Dias, Phelipe Rodrigues e André Brasil.

Além dos três estavam também, Carlos Farrenberg (classe S13), Ruiter Silva (S9) e Matheus Rheine (S11), medalhistas no Rio, acompanhados de Vanilton Nascimento (S9) e Gabriel Souza (S8) que competiram no Rio mas não levaram medalha.

O pódio foi formado por  Daniel em primeiro, Phelipe em segundo e André em terceiro.

Sobre a prova, o campeão e multimedalhista, Daniel Dias disse:

“Acho legal esse sistema. Quem está assistindo acaba vendo vários nadadores com deficiências e classes diferentes. E essa, em particular, com seis medalhistas dos Jogos do Rio, foi muito boa. É legal nadar em uma prova com atletas vitoriosos. A gente sabe que não é quem bate primeiro que necessariamente será o campeão, então todos os nadadores competem contra eles mesmos. Em um esporte individual como a natação, a disputa assim fica mais individual ainda. Gostei dessa final e achei importante adotarmos esse sistema.”

Mas não foi Daniel que comemorou neste sábado, Felipe Cantran, classe S14, foi campeão da prova dos 100m borboletas da superfinal, com a marca de 1min00s80 garantindo assim a vaga no Mundial de natação do México em Outubro deste ano.

Durante o restante da competição, outros seis nadadores garantiram vaga no Mundial no México. Foram eles: Talisson Glock (S6), Ítalo Gomes (S7), Raquel Viel (S12), Edênia Garcia (S3), Joana Neves (S5) e Matheus Rheine (S11).

E a tarde cheia de emoções não poderia acabar sem recorde brasileiro. Edênia Garcia, além de alcançar um ótimo índice na categoria 50m costas S3, estabeleceu o recorde de melhor marca do continente. Já Célia Araújo, quebrou o recorde mundial nos 50m livres S8, com a marca 31s10, e é hoje a nadadora mais rápida do continente.

O Open Internacional Loterias Caixa ainda acontecerá neste domingo(23). Veja a programação:

Atletismo: 9h às 11h
Natação: 9h às 12h30