MotoGP: Márquez supera Pedrosa e vence o GP das Américas

Foto: Honda

Marc Márquez venceu na tarde deste domingo (23) o Grande Prêmio das Américas, terceira etapa da temporada 2017 da MotoGP, disputada no Circuito das Américas, em Austin. O atual campeão do mundo perdeu a liderança na largada para Dani Pedrosa, mas conseguiu superá-lo quando restavam 13 voltas para o final da prova, garantindo a primeira vitória do ano.

A segunda colocação ficou com Valentino Rossi, que superou Dani Pedrosa quando restavam dois giros para o final da corrida, deixando o piloto da Honda com a terceira colocação. Cal Crutchlow teve boa atuação e terminou em quarto, Johann Zarco completou o grupo dos cinco primeiros.

Com uma Ducati, Andrea Dovizioso terminou a prova na sexta colocação, deixando Andrea Iannone, da Suzuki, em sétimo, e Danilo Petrucci em oitavo. Jorge Lorenzo, que chegou a brigar por posições entre os cinco melhores, acabou apenas na nona posição. O grupo dos dez melhores ainda contou com Jack Miller. Maverick Viñales, por sua vez, caiu ainda na terceira volta da prova.

A temporada da MotoGP segue no próximo dia 7 de maio, com a disputa do Grande Prêmio da Espanha, marcado para o circuito de Jerez de la Frontera.

Saiba como foi a corrida em Austin

A prova começou com Dani Pedrosa subindo da quarta posição para a liderança da prova, deixando Marc Márquez na segunda colocação. Valentino Rossi assumiu a terceira posição, deixando Maverick Viñales na quarta posição. Johann Zarco superou Jorge Lorenzo para ganhar a quinta posição no giro inicial.

O campeonato ganhou um novo capítulo na terceira volta de corrida, quando Viñales caiu na curva 19, abandonando a disputa. Outro que deixou a prova foi Karel Abraham. Na frente, Márquez se manteve próximo de Pedrosa, enquanto Rossi não conseguia se aproximar dos pilotos da Honda.

Quem começou a crescer na corrida foi Zarco, que se aproximou de Rossi. O italiano, por sua vez, passou descontar a diferença sobre Márquez. Na 15ª volta, o piloto da Tech3 tentou a ultrapassagem sobre o “Doutor”, os dois se tocaram e o italiano da Yamaha prevaleceu depois de cortar uma das curvas.

Márquez partiu para o ataque sobre Pedrosa quando restavam 14 voltas para o final, e chegou a conseguir a ultrapassagem sobre o companheiro de Honda, que conseguiu retomar a primeira posição. No giro seguinte, o atual campeão tomou a liderança de forma definitiva.

A corrida seguiu com Loris Baz caindo, enquanto Pol Espargaró abandonou após sua KTM apresentar problemas. Pouco depois, a direção de prova puniu Rossi em 0s3 pelo incidente com Zarco. Com dez voltas para o final, Pedrosa tentou um ataque sobre Márquez, que manteve a liderança.

Álvaro Bautista e Sam Lowes foram mais dois pilotos que abandonaram a prova após sofrerem quedas. Com oito giros para o encerramento da prova, Márquez abriu um segundo de frente para Pedrosa, enquanto Rossi continuava tentando se aproximar do segundo colocado.

Sem o melhor rendimento, Lorenzo passou a ter a sétima posição ameaçada por Andrea Iannone, conseguindo a ultrapassagem quando restavam três voltas para o final. Na penúltima volta, Rossi conseguiu a ultrapassagem sobre Pedrosa, ganhando a segunda posição. Mais atrás, Crutchlow passou Zarco para ganhar a quarta posição.

Márquez seguiu tranquilo para vencer a prova em Austin, seguido por Rossi e Pedrosa.

Foto: Honda



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.