Cruzeiro 2 x 0 América-MG: assista os melhores momentos da partida

Cruzeiro x América-MG melhores momentos
Reproducao: Premiere
Cruzeiro x América-MG entraram em campo na noite deste domingo (23), no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela segunda partida das semifinais do Campeonato Mineiro. Com dois gols do uruguaio Arrascaceta, a Celeste venceu por 2 a 0 e fará a final diante do Atlético.

O início de jogo começou bastante movimentado. Apesar da vantagem do empate, o Cruzeiro não ficou recuado e buscava ameaçar a meta do Coelho. Por outro lado, o América precisava buscar o resultado e se lançou ao ataque para manter viva a esperança da classificação. E ela quase veio com Renan Oliveira. Aos 18 minutos, em um cruzamento rasteiro, Blanco finalizou errado e a bola sobrou limpa para o jogador americano. Renan chutou no canto, ela beijou a trave esquerda e passou nas costas de Rafael, quase que na linha do gol cruzeirense.

No lance seguinte, a Raposa não teve piedade. Jogada de Rafael Sóbis quer serviu Diogo Barbosa. O lateral avançou e cruzou para dentro da área. Arrascaeta chegou por trás e bateu sem chances para João Ricardo.

Já na segunda etapa, Rafael fez uma grande defesa e evitou aquele que seria o gol dos americanos. Hugo subiu mais que a zaga da Celeste e cabeceou no ângulo do arqueiro cruzeirense que se esticou todo e realizando uma importante intervenção.

Ainda sobrou tempo para novamente Arrascaeta dar números finais ao jogo e garantir a vaga para a decisão. O volante Hudson fez bonita jogada pela direita e rolou para o meio. O uruguaio, bem posicionado, apenas teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes da meta do Coelho.

Assista os melhores momentos da partida:

Ficha técnica: Cruzeiro x América-MG

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: 22 de abril (domingo), às 18h
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (Asp.Fifa/MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA) e Magno Arantes Lira (CBF)

Cruzeiro: Rafael; Mayke, Leo, Caicedo e Diogo Barbosa; Henrique e Hudson; Rafinha, Arrascaeta e Thiago Neves; Rafael Sobis. Técnico: Mano Menezes

América-MG: João Ricardo; Auro, Messias, Rafael Lima e Pará; Gustavo Blanco, Juninho, Gérson Magrão e Renan Oliveira; Felipe Amorim (Mike) e Hugo Almeida. Técnico: Enderson Moreira.