IndyCar: Andretti deixa pilotos da Penske para trás e lidera TL2 no Alabama

Foto: IndyCar

Marco Andretti foi o mais rápido no segundo treino livre para a disputa do Grande Prêmio do Alabama, terceira etapa da Verizon IndyCar Series. Na atividade realizada no final da tarde desta sexta-feira (21), o piloto da Andretti Autosport conseguiu bater os pilotos da Penske, que dominaram as quatro primeiras posições na primeira atividade do dia, marcou 1min07s7134, e liderou a atividade.

A segunda colocação ficou com Will Power, da Penske, que acabou superado em 0s0320 por Andretti. Atual campeão e companheiro do piloto australiano, Simon Pagenaud foi o terceiro, seguido por Helio Castroneves, com mais um carro da Penske. O grupo dos cinco melhores ainda contou com Scott Dixon, representante da Ganassi.

LEIA MAIS:
IndyCar: Pagenaud lidera 1-2-3-4 da Penske no TL1 para o GP do Alabama

A sexta colocação ficou com Charlie Kimball, com mais um carro da Ganassi. Mikhail Aleshin, piloto da Schmidt Peterson, apareceu em sétimo, logo à frente de Josef Newgarden, mais um nome da esquadra de Roger Penske. Sébastien Bourdais foi o nono com o equipamento da Dale Coyne, enquanto Ryan Hunter-Reay, da Andretti, fechou o top-10.

As atividades da Indy em Barber seguem neste sábado (22) com a realização de mais um treino livre, além da definição do grid de largada. O Grande Prêmio do Alabama acontece no domingo, a partir das 16h, pelo horário de Brasília.

Confira como foi o segundo treino livre em Barber

O segundo treino livre começou no Barber Motorsport Park com tempo ensolarado e pilotos partindo à pista logo que a atividade foi autorizada. Porém, rapidamente a sessão foi paralisada. Max Chilton teve problemas com sua Ganassi e forçou a interrupção no momento em que Tony Kanaan aparecia na liderança.

Tão logo o exercício foi retomado, os pilotos da Penske passaram a mostrar força. Will Power pulou para a primeira posição ao marcar 1min08s3888, batendo Simon Pagenaud por um décimo. O francês, porém retomou a ponta da tabela de tempos com 1min08s3190 quando restavam 34 minutos para o encerramento da atividade.

Scott Dixon tomou a primeira colocação da sessão com 15 minutos de treino, após registrar 1min08s2557 com a Ganassi. Um pouco depois, Power tornou-se o primeiro a quebrar a barreira de 1min08s, e registrou 1min07s8931. Os brasileiros não apareciam bem na metade da sessão: Helio Castroneves ocupava a décima posição, enquanto Kanaan era apenas o 16º.

A bandeira vermelha foi acionada pela segunda vez após o carro do emiratense Ed Jones parar na pista. O ensaio foi retomado quando restavam 19 minutos para o encerramento, e Pagenaud voltou a liderar a sessão, depois de marcar 1min07s8305. Power voltou à liderança, mas viu Marco Andretti marcar 1min07s7134 para pontear o ensaio. Jones, de volta à pista, deu uma escapada, mas a atividade seguiu. No minuto seguinte, foi a vez de Ryan Hunter-Reay escapar e bater.

Dixon avançou ao quarto lugar na folha de tempos nos momentos finais da sessão, e viu Castroneves o superar no final. Tony Kanaan foi outro a subir na classificação, e apareceu em décimo. Ninguém, porém, foi capaz de bater o tempo de Andretti ao final dos 45 minutos de atividade.

Foto: IndyCar



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.