Ídolo colorado, Bolívar avalia final do Gauchão: “Não tem favorito”

Bolívar
Crédito da foto: Alexandre Lops/Internacional.

Um dos maiores jogadores da história do Internacional, o zagueiro Bolívar, alertou a equipe de Antonio Carlos Zago para a decisão de logo mais, às 16h, contra o Novo Hamburgo na final do Gauchão. Para o ex-jogador, o Nóia, time que defendeu em 2015, não é uma “surpresa” e deve complicar a partida no Beira-Rio.

Em entrevista ao programa Troca de Passes, do SporTV, o zagueiro afirma que não há favoritos para o confronto.

LEIA MAIS: Ex-Internacional faz golaço de bicicleta no Equador; veja

“Acho que não tem favorito não. Pela campanha que o Novo Hamburgo fez, do início até o final,  acho que o credencia para a busca do título também. A gente sabe que o Inter vem de uma reformulação, mas vem crescendo no momento certo, Então acredito que vai ser um grande duelo, e o Inter tem que fazer muita força aí pra conquistar esse gauchão”, disse.

Bolívar foi capitão do Internacional em uma das fases gloriosas do time, quando conquistou duas Libertadores (2006 e 2010), uma Copa Sul-Americana em 2008 e a Recopa Sul-Americana de 2011. O zagueiro também era especialista em Campeonato Gaúcho: ganhou cinco deles.

Estrutura do NH

Jogador do Novo Hamburgo em 2015, Bolívar também fala da preparação do clube nas últimas temporadas. “Vem se preparando há alguns campeonatos, eu acho que não é por acaso que chegou a essa grande decisão. A equipe do Novo Hamburgo não surpreendeu. Mostrou desde a primeira rodada, veio liderando a competição desde o início, e eliminou o Grêmio na semifinal. Quando você elimina uma grande equipe na semifinal, chega muito forte para a decisão”, contou.