Evento de MMA na Rússia é cancelado por ameaça de terrorismo e deixa brasileiros sem luta

Policiais estiveram no hotel em que os atletas de MMA do Corinthians estão hospedados na Rússia (Foto: Divulgação/Corinthians MMA)

Escalados para lutar neste sábado (29) no Absolute Championship Berkut 59: “Young Eagles 18”, em Vladikavkaz, na Rússia, dois atletas da equipe de MMA do Corinthians retornarão ao Brasil sem trocar socos nem chutes com os rivais. O evento inteiro foi cancelado por conta de ameças de atentado terrorista. A cidade fica a cerca de 50km da Tchetchênia, área que busca independência e que é palco de conflitos recorrentes.

Alex Sandro Alves, o “Canguru”, e Roberto Neves, o “Facada” são os lutadores do Corinthians que estavam confirmados no evento. Canguru, atleta da categoria dos leves (até 70kg), enfrentaria o russo Yusup Umarov. Facada, que compete na divisão dos meio-médios (até 77kg), teria pela frente o também russo Husein Kushagov. Além deles, estão em Vladikavkaz o campeão dos meio-pesados (até 93kg) do Jungle Fight, Bruno Cappelozza, e um dos treinadores. O grupo volta ao Brasil neste domingo (30).

LEIA MAIS:
CORINTHIANS X PONTE PRETA: NÚMEROS E FATOS DE UM DUELO HISTÓRICO

Outro brasileiro, Jean Felipe Prestes, também estava no card do evento. Ele, que não é atleta do Corinthians, enfrentaria o russo Ibrahim Tebilov na categoria até 77kg.

O CEO do Corinthians MMA, Alex Minduin, confirmou ao Torcedores.com que o card foi cancelado por conta das ameaças de terrorismo: “Estão acontecendo alguns conflitos de regiões e estão com medo de ter atentado dentro do evento. Então, acabaram cancelando as lutas. O Facada, o Canguru e o outro menino do Brasil já estou comendo de novo, se reidratando porque o evento foi cancelado”, disse o dirigente em mensagem de áudio encaminhada à reportagem.

Os atletas, que estavam em processo de corte de peso – a pesagem aconteceria na sexta-feira (28) – não têm data para retornar ao evento russo. “Mas eles devem lutar na próxima edição, assim que a situação no país se contornar. (Facada e Canguru) são dois atletas de ponta e vão ter essa oportunidade com certeza”, completou Minduin.

Canguru tem 33 anos e estava em busca da nona vitória no MMA profissional. Em dez lutas, ele venceu oito e perdeu duas. No último combate, em setembro do ano passado pelo Jungle Fight, o atleta derrotou o paraguaio Carlos Irigoitia por nocaute técnico.

Reprodução/Facebook

Facada, de 34 anos, tem cartel idêntico ao de Canguru e também vem de triunfo. Em junho de 2016, ele nocauteou Valdir Araújo pelo Final Fight Championship.

Reprodução/Facebook

Neste mesmo final de semana, a Rússia vai sediar outro evento esportivo: o Grande Prêmio de Fórmula 1, que acontecerá em Sochi, no domingo (30). No futebol, o país receberá a Copa das Confederações neste ano e a Copa do Mundo em 2018.

Apesar disso, Vladikavkaz tem histórico de atentados terroristas. Em 1999, uma explosão em um mercado matou 60 pessoas e deixou mais de 100 feridos. Em 2008, o alvo foi um ponto de ônibus. Onze pessoas morreram. Em 2010, novo atentado em um mercado matou 16 pessoas e feriu mais de 100.



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.