“Eu queria fazer 4 ou 5”, diz Abel Braga ao fazer análise de Fluminense 3×0 Vasco

Abel Braga
Foto: Reprodução/Esporte Interativo

O técnico do Fluminense saiu maravilhado com a atuação de seu grupo diante do Vasco da Gama, no confronto de hoje mais cedo. Porém Abelão queria mais. O placar de 3 a 0 foi pouco na avaliação do treinador, que conseguiu fazer com que sua equipe marcasse 6 gols em 2 jogos contra o Gigante da Colina em 2017.

LEIA MAIS:
INCRÍVEL: LATERAL DO VASCO EVITA DOIS GOLS EM SEQUÊNCIA; ASSISTA
NENÊ “ATROPELA” ÁRBITRO DURANTE FLUMINENSE X VASCO; ASSISTA AO LANCE
FLUMINENSE 3 X 0 VASCO: ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DA VITÓRIA TRICOLOR

“Fizemos essa partida sem ter completado 72 horas após jogarmos contra o Goiás, e o primeiro tempo terminou com placar zerado, e no segundo tempo fizemos 3 gols no adversário. Esse jogo foi muito especial por isso. E não abdicamos de fazer mais gols. O que me irritou mais foi que não era necessário “mais um drible” após a expulsão do Douglas (volante do Vasco). Se amanhã eu estiver perdendo por 3 a 0, ninguém vai ter pena do meu time. Se puderem fazer 4 ou 5, vão fazer e eu queria fazer, não interessa.”

Abel também comentou sobre o estilo agressivo que o Fluminense adotou diante do Cruzmaltino, mesmo com o Tricolor tendo a vantagem do empate.

“A estratégia só dá certo quando o jogador acredita no que seu treinador fala. Ninguém, jornalista ou torcedor, imaginou que iríamos marcar a saída de bola do Vasco, já que tínhamos a vantagem do empate. Quebramos totalmente o jogo deles. Tentaram na jogada aérea, conseguiram algumas oportunidades em erros nossos, mas que deixaram de acontecer no segundo tempo.”



Igor Calazans é um futuro jornalista por formação que ama futebol, Fórmula 1 e de dar pitadas em outros esportes.