Em seu retorno, Victor é ovacionado pela torcida do Atlético-MG

Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação

O Atlético-MG encarou a URT no Independência e depois de vencer por 3 a 0, se garantiu como o primeiro finalista do Campeonato Mineiro. Apesar dos gols de Rafael Moura, Robinho e Otero terem agitado a massa, o torcedor atleticano parece ter comemorado mais o retorno do goleiro Victor.

O gol do Galo era um grande problema deste que Victor ficou afastados dos gramados após uma lesão. Giovanni, substituto imediato do ídolo do Alvinegro, nunca agradou e desde que assumiu a posição, foi protagonista de várias falhas.

LEIA MAIS:
NA PORTA DO CT, TORCEDORES DO ATLÉTICO-MG COBRAM MAIS EMPENHO DOS JOGADORES;ASSISTA

Mesmo não sendo exigido na partida de hoje, o goleiro foi ovacionado pelos torcedores, antes, durante e depois da partida decisiva do Campeonato Mineiro.

 

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO X URT

Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG)

Data: 23 de abril de 2017, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Igor Júnio Benevenuto

Assistentes: Cleisson Veloso Pereira e Renato Cardoso Conceição

Público: 14.198 torcedores

Renda: R$ 255.805,00

Gols: ATLÉTICO-MG: Rafael Moura, aos 35 minutos do primeiro tempo e Robinho, aos 12, e Otero aos 45 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Marlone, Leonardo Silvam Rafael Moura (Atlético-MG) Diogo Oliveira, Dick, Thiago Brito, Léo (URT)

Cartões vermelhos: não teve

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel (Felipe Santana) e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Marlone e Maicosuel (Otero); Robinho (Cazares) e Rafael Moura

Técnico: Roger Machado

URT: Juninho; Dick, Diego Borges, Rodolfo e Léo; Jô, Cascata (Jordã), Diego Oliveira (Carlinhos) e Allan Dias; Thiago Brito e Marques (Rafael Oller)

Técnico: Rodrigo Santana



Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.