Veja como serão as decisões do Campeonato Paraense 2017

Paysandu
Foto: Fernando Torres/ Paysandu

O Campeonato Paraense chega ao fim e pela 57ª vez, o maior clássico do Pará e da região Norte do Brasil vai decidir um campeonato estadual ao longo de mais de 104 anos de história do torneio. Em 56 vezes Clube do Remo x Paysandu se enfrentaram em uma final do estado com 31 títulos conquistados pelos azulinos enquanto que 26 vezes a taça foi para o lado bicolor.

Depois de muitas indefinições por conta de poucos nomes a serem sorteados para o primeiro capítulo dessa história que promete grandes emoções, foi escalado o árbitro mineiro Ricardo Marques Ribeiro, de 37 anos, que comandará seu quarto clássico “Re-Pa”, ao lado dos auxiliares Bruno Bosquília da Federação Paranaense e Alessandro Matos, da Federação Baiana.

LEIA MAIS:
PAYSANDU 47 VEZES – O MAIOR CAMPEÃO PARAENSE
PAYSANDU QUASE ATRAPALHA ÚLTIMO TÍTULO BRASILEIRO DO SANTOS. VEJA O QUE ACONTECEU!
PAYSANDU X REMO: SAIBA COMO ASSISTIR AO VIVO NA TV

Pelo lado dos mandantes, o Paysandu vem motivado mesmo depois da derrota diante do Santos, na Vila Belmiro, por 2 a 0. O técnico Marcelo Chamusca disse estar satisfeito com o desempenho da equipe e espera que o time permaneça com o mesmo espirito do jogo de quarta-feira para buscar a vantagem nos dois jogos que decidem o torneio.

Pelo lado azulino, o técnico Josué Teixeira terá problemas para acertar o time que teve todo o tempo para trabalhar, sem nenhum jogo marcado no meio de semana, desde a vitória na semifinal diante do Independente de Tucuruí, nos pênaltis por 10 a 9.

Mesmo com a ausência já confirmada de Marquinhos, suspenso pelo TJD-PA por conta de entrada dura no zagueiro Wanderlan do São Raimundo, e com as dúvidas em relação as condições físicas do lateral-esquerdo Jackinha, do volante Elizeu, do meia Flamel e do meia Eduardo Ramos devido a uma discussão com o treinador.

O time vem motivado e preparado para o duelo do dia 30 de abril. A partida acontecerá no estádio Jornalista Edgar Augusto Proença, mais conhecido como Mangueirão, às 16 horas, com promessa de casa cheia em Belém.

Na decisão do terceiro lugar do certame, jogam São Raimundo de Santarém x Independente. Os dois times buscam essa posição no torneio já visando o calendário de 2018, tendo em vista que o vencedor leva uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem. Porém, caso o Paysandu conquiste a Copa Verde, os dois garantem a vaga para o certame nacional, pois os alvicelestes vão começar a competição já nas oitavas de final.

Pelo lado do time santareno, o técnico Lecheva não contará com Lucas Barbosa e Denis Pedra, que estão machucados e devem retornar somente para a disputa da Série D, que é o grande trunfo do Pantera, apelido do São Raimundo.

Já pelos lados de Tucuruí, o clima anda tenso. Tudo porque o lateral Bigu se estranhou com o comandante do time, Léo Goiano, e já rescindiu seu contrato depois do ocorrido; outro que não permanecerá no clube é o goleiro Anderson, que defenderá uma outra equipe na temporada 2017. O time titular do Galo não contará com o atacante Wegno, que ainda se recupera de lesão.

A partida está marcada para o dia 1º de maio, feriado do dia do trabalhador, a partir das 17 horas, no estádio Colosso do Tapajós, em Santarém. No comando da arbitragem ficarão os locais, Joelson Nazareno Cardoso, auxiliado por Silvério Ferreira Pinto e Railson Lima Alves.