Confira as prováveis escalações de Arsenal e Manchester City para duelo decisivo

Crédito da Foto: Reprodução / Site Oficial do Arsenal

Neste final de semana Arsenal e Manchester City se enfrentaram em um duelo muito decisivo para as duas equipes. O confronto entre os Gunners e os Citzens será válido pelas semifinais da Copa da Inglaterra, que é o torneio mais antigo da terra da Rainha. As duas equipes se enfrentaram no domingo (23) com transmissão dos canais Espn às 11:00 horas (horário de Brasília). Esta é a chance que as duas equipes tem de levantarem um caneco e amenizarem um pouco a temporada frustrante dos dois clubes. O jogo acontecerá no lendário estádio de Wembley.

Para o Arsenal a F.A Cup é tudo ou nada. A equipe faz uma das suas piores temporadas, sendo eliminado de forma humilhante nas oitavas de final da Liga dos Campeões e estacionado na sexta colocação do Campeonato Inglês, bem distante de uma vaga para o próprio torneio internacional. A torcida está em pé de guerra com o técnico Arsène Wenger, que tem na Copa da Inglaterra uma chance de título para amenizar um pouco a sua situação no clube.

LEIA MAIS:
Enquete: Qual será a final da Copa da Inglaterra? Vote!
Chelsea e Tottenham duelam por “Double” e tira-teima na temporada

O Manchester City está em quarto lugar na Premier League com 64 pontos. Apesar da equipe do técnico Pep Guardiola estar em melhor situação que o Arsenal, a sensação de todos dentro do clube é de decepção, já que foi feito um investimento pesado e a equipe nem chegou perto de disputar o título do Campeonato Inglês e da Liga dos Campeões, sendo eliminado também nas oitavas de final. A conquista da F.A Cup será importante para dar mais um voto de confiança para Guardiola, que não conseguiu imprimir o seu trabalho na Inglaterra.

Por isso não se esqueça, Arsenal e Manchester City se enfrentaram neste domingo às 11:00 horas (horário de Brasília) com transmissão dos canais Espn. Confira a provável escalação das duas equipes:

Arsenal: Chech; Gabriel, Koscielny e Holding; Ox-Chamberlain, Xhaka, Ramsey, Özil e Monreal; Sánchez e Giroud. Técnico: Arsène Wenger.

Manchester City: Caballero; Navas, Kompany, Otamendi e Clichy; Fernandinho, De Bruyne, Sterling, Sané e David Silva; Agüero. Técnico: Pep Guardiola.