Carille cita Audax e Ituano como exemplos para rechaçar favoritismo do Corinthians

Corinthians
Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Após chegar a final contra a Ponte Preta, o Corinthians não é o favorito para o duelo. Pelo menos é o que diz o técnico Fábio Carille, que ainda relembrou as chegadas de clubes do interior nas decisões passadas do Paulistão.

Carille explicou como sua equipe irá entrar nas duas partidas finais e não quer o favoritismo para o lado do Corinthians.

“Precisamos trabalhar com a mesma dedicação, a mesma entrega. Não vou trazer esse favoritismo para o Corinthians. É só ver o Ituano campeão e o Audax jogando muito. Coloco 50% de chances para cada um, que seja uma grande final, com dois grandes jogos”, declarou o técnico corintiano.

O Alvinegro passou de fase empatando com o São Paulo. O treinador preferiu valorizar a classificação em vez de ver o placar como um resultado ruim.

“Fizemos um resultado bom fora de casa, era uma decisão de 180 minutos. Sabíamos que o São Paulo viria para cima, e precisava mesmo por conta do resultado. Montaram uma equipe mais forte, sobretudo para a bola parada ofensiva. Independentemente de ser empate, estamos muito felizes”, opinou.

FICHA TÉCNICA – Corinthians x São Paulo

Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Dia e horário: domingo, 23 de abril, às 16h (Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Herman Brumel Vani
Gols: Jô (COR); Lucas Pratto (SPA)

Corinthians – Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana (Moisés); Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero (Léo Jabá); Jô (Kazim)

São Paulo – Renan; Wesley, Maicon, Rodrigo Caio e Junior Tavares (Luiz Araujo); Jucilei, Thiago Mendes, Cícero e Cueva (Thomaz); Gilberto (Chavez) e Pratto



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.