Borja deixa o campo vaiado, se irrita e chuta copo d’água

Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras não conseguiu o milagre que precisava para se classificar para a final do Campeonato Paulista, apesar do domínio absoluto durante os 90 minutos e de todo apoio dos mais de 39 mil torcedores presentes no Allianz Parque. E o atacante Borja, que chegou ao clube no início da temporada com status de ídolo, não conseguiu ajudar a equipe, foi substituído e deixou o campo sob vaias.

O atacante colombiano pouco conseguiu fazer na partida e foi sacado do time titular aos 25 minutos do segundo tempo para dar lugar ao camisa 29, Willian. Quando subiu a placa anunciando a substituição, a torcida começou a vaiar o camisa 12, que se irritou e chutou um copo d’água que estava na beira do gramado.

Borja disputou oito partida no Campeonato Paulista e marcou quatro gols na competição – sendo dois deles nas quartas de final da competição, contra o Novorizontino.

O Palmeiras venceu a partida por 1 a 0, com gol do volante Felipe Melo, mas o placar não foi o suficiente. No agregado terminou 3 a 1 para a Ponte Preta.