Vasco 1 x 1 Vitória: assista aos gols da partida

Foto: Reprodução/Fox Sports

Vasco x Vitória ficaram no empate por 1 a 1 na noite desta quinta-feira, em São Januário, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Ambos gols foram marcados em cobranças de pênalti.

O time da casa teve o domínio da posse de bola e frequentou mais o campo ofensivo no primeiro tempo, mas não conseguiu traduzir isso em chances claras de gol. Nos acréscimos, o lateral rubro-negro Euller cometeu falta em Kelvin, recebeu o vermelho após o segundo cartão amarelo.

VEJA MAIS:
Thalles perde gol incrível e irrita a torcida do Vasco
Saiba mais sobre Ricardo, zagueiro promovido ao elenco profissional do Vasco  

Com um a mais em campo, o Vasco voltou para a etapa pressionando e perdendo chance incrível com Thalles logo aos 2 minutos, porém, o Vitória abriu o placar aos 23 minutos com o lateral Patric, em cobrança de pênalti.

O Vasco foi buscar o empate aos 47 minutos, em cobrança de pênalti convertida por Nenê. Mesmo com a derrota evitada, a torcida fez muitas cobranças ao técnico Cristóvão Borges e ao presidente Eurico Mirando. Ambos foram xingados.

A partida de volta está agendada para a próxima quinta-feira, às 19h30, no Barradão. Para seguir na competição, o Vasco precisa vencer ou empatar por dois ou mais gols de diferença.

FICHA TÉCNICA

VASCO-RJ 1 X 1 VITÓRIA-BA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 9 de março de 2017 (Quinta-feira)

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Cartões amarelos: Gilberto (Vasco), Kanu, William Farias, Paulinho e Geferson (Vitória)

Cartão vermelho: Euller (Vitória)

Gol: Patric (VIT) e Nenê (VAS)

VASCO: Martin Silva, Gilberto, Rodrigo, Rafael Marques (Jomar) e Henrique; Jean, Douglas, Nenê e Escudero (Manga Escobar); Kelvin (Muriqui) e Thalles

Técnico: Cristóvão Borges

VITÓRIA: Fernando Miguel, Patric, Alan Costa, Kanu e Euller; José Welison, Uillian Correia, Gabriel Xavier (Bruno Ramires) e Cleiton Xavier (David); Paulinho (Geferson) e Kieza

Técnico: Argel Fucks



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)