Pulou o muro! Relembre dez jogadores que jogaram em Palmeiras e São Paulo

Reprodução

Com CT’s vizinhos e uma rivalidade que em alguns momentos chegou a se tornar ódio, Palmeiras e São Paulo sempre travaram uma verdadeira guerra nos bastidores, mas isso não impediu que alguns jogadores defendessem os dois times. Algumas negociações foram pacificas, outras, conturbadas. Relembre dez jogadores que vestiram as duas camisas:

Dario_PereyraDarío Pereyra: o zagueiro uruguaio que é um dos grandes ídolos da história do São Paulo, atuou pelo clube do Morumbi entre 1977 e 1988. No ano seguinte, após uma rápida passagem pelo futebol carioca, onde atuou pleo Flamengo, o zagueiro uruguaio retornou ao futebol paulista, mas desta vez, vestiu a camisa palmeirense. Porém, a passagem do zagueiro pelo time alviverde foi curta, e ele foi jogar no futebol japonês.

 

 

 

 

 

 

 

LEIA MAIS:
CHOQUE-REI: RELEMBRE JOGOS INESQUECÍVEIS ENTRE PALMEIRAS E SÃO PAULO
EM BUSCA DE QUEBRAR MAIS UM TABU, SÃO PAULO ENCARA PALMEIRAS NO ALLIANZ PARQUE

zettiZetti: o goleiro que se tornou ídolo do torcedor são paulino por ter participado da fase mais vitoriosa da história do clube, durante a Era Telê, jogou com a camisa do São Paulo entre 1990 e 1997. Porém, o goleiro se profissionalizou no Palmeiras, em 1986, e jogou no clube alviverde até 1989, quando se transferiu para o Tricolor Paulista.

 

 

 

 

mullerMuller: revelado pelo São Paulo e com 3 passagens na história do Tricolor, Muller por muitos anos foi o jogador com o maior número de títulos com a camisa são paulina. Em 1996, o atacante foi contratado pelo Palmeiras e fez parte do fantástico ataque alviverde que marcou mais de cem gols no Paulistão daquele ano.

 

 

 

 

 

 

 

 

zagoAntônio Carlos: o zagueiro que defendeu a camisa são paulina entre 1990 e 1992, vestiu o manto alviverde durante 1993 e 1995. Inclusive, “Zago” chegou a ser treinador do Verdão posteriormente.

 

 

 

 

 

CafuCafú: revelado pelo São Paulo, o lateral direito que foi o capitão do Penta da Seleção Brasileira atuou pelo Tricolor Paulista entre 1989 e 1994, quando o clube vendeu o jogador para o Zaragoza da Espanha. Porém, apesar de ter uma clausula no contrato que impedia o retorno do jogador para um time paulista, o Palmeiras e sua patrocinadora, a Parmalat, conseguiram fazer uma manobra utilizando o Juventude, clube do Rio Grande do Sul que também tinha a patrocinadora como parceira e contratou o lateral, que jogou com a camisa do alviverde paulista entre 1995 e 1997, se tornando uma das contratações mais polêmicas envolvendo os dois clubes.

 

 

dodoDodô: o atacante que ficou conhecido como o “artilheiro dos gols bonitos”, jogou no São Paulo entre 1995 a 1999, e que saiu de forma polêmica do clube do Morumbi, por conta de desentendimentos com a torcida são paulina, foi contratado pelo Palmeiras e vestiu a camisa alviverde entre 2002 e 2003, mas não conseguiu jogar bem e acabou fazendo parte do time que foi rebaixado no Brasileirão de 2002.

 

 

 

 

juniorJunior: o lateral esquerdo que jogou no Palmeiras entre 1996 e 2000, fazendo parte do elenco que conquistou a Libertadores da América e se tornou ídolo dos palmeirenses, retornou ao futebol paulista em 2004, mas desta vez, para vestir o manto são paulino. E novamente Junior foi muito bem, sendo campeão da Libertadores e Mundial pelo Tricolor em 2005, e pode se dizer que é um dos poucos jogadores que é ídolo das duas torcidas.

 

 

 

 

 

 

 

ilsinhoIlsinho: outro jogador que teve uma transferência conturbada envolvendo os dois clubes. Revelado pelo Palmeiras,o lateral direito que ficou durante dez anos na categoria de base do Verdão se desentendeu com a diretoria palmeirense no incio de 2006 e de fato pulou o muro, se transferindo para o rival São Paulo, onde foi campeão brasileiro de 2006 e jogou até 2007.

 

 

 

 

denilsonDenílson: revelado pelo São Paulo e uma das negociações mais caras do futebol mundial, quando foi vendido pelo Tricolor para o real Bétis da Espanha, Denílson vestiu a camisa são paulina entre 1994 e 1998. dez anos depois, retornou ao futebol paulista, mas desta vez, para jogar com a camisa do Palmeiras, onde logo de cara foi campeão paulista. Apesar de ter ficado magoado com o Tricolor Paulista durante alguns anos, nos dias atuais, o atual comentarista do programa “Jogo Aberto” afirma ter admiração por Palmeiras e São Paulo, e costuma defender ambos os clubes.

 

 

 

kleber gladiadorKléber Gladiador: revelado pelo Tricolor Paulista em 2003, o atacante pouco jogou com a camisa do São Paulo, e após um tempo jogando fora do Brasil, retornou em 2008 para o Palmeiras, onde logo se tornou ídolo e criou uma certa rivalidade com o clube que o revelou.