Messi admite ser tiete de compatriota olímpico e ter se inspirado nele para remontada

Messi
Créditos da imagem: Reprodução / Facebook Oficial Barcelona

Messi tem Santiago Lange como um grande ídolo. Santiago foi medalha de ouro na vela na Rio 2016, enfrentou tempestades no esporte e na vida. A classificação histórica do Barcelona (ESP) sobre o Paris Saint-Germain (FRA) pelas oitavas de final da Champions League, por 6×1, na última quarta-feira (08), no Camp Nou, foi histórica. Parte da motivação de Lionel Messi e Javier Mascherano veio de um encontro com o compatriota e campeão olímpico na vela Santiago Lange, na sede do clube, cinco dias antes da partida contra os franceses.

Fã declarado de Lange, Messi inverteu os papéis ao se encontrar com ele, o craque do Barcelona conversou sobre a trajetória de superação dele, pediu autógrafo e ainda posou para fotos.

LEIA MAIS:
PAPO TÁTICO: COMO LUÍS ENRIQUE RESGATOU O 3-4-3 DE LOUIS VAN GAAL NO MILAGRE DE BARCELONA
OPINIÃO: BARCELONA X PSG – MILAGRE OU MARMELADA?

Ídolo nacional, o velejador tem uma história inspiradora. Antes de conquistar a medalha de ouro na vela nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, na classe Nacra 17 Mista, ao lado de Cecília Carranza, Lange já tinha conquistado o bronze em Atenas 2004 e Pequim 2008. A busca pelo lugar mais alto do pódio quase foi interrompida em 2015, quando passou por uma cirurgia para remover um de seus pulmões, comprometido por um câncer. Porém, voltou a treinar um mês após a operação, focado no sonho do ouro olímpico.

O velejador viveu em Barcelona durante 3 anos, na década de 90, é fã do clube e disse que tem uma grande admiração por Messi e Mascherano. “São atletas incríveis e personalidades incríveis tanto na parte humana quanto pelo que representam para nosso país”, afirmou Lange em um vídeo postado no perfil do Barcelona no Twitter.

Torcedor do Barcelona (ESP), Lange foi convidado a assistir ao jogo contra o Celta de Vigo, válido pelo Campeonato Espanhol. Ele ainda recebeu uma camisa do time com seu nome e autografada pelos argentinos. No duelo anterior ao da Liga dos Campeões, Messi foi o grande destaque na goleada diante do Celta, anotando gols, sendo um deles uma pintura.

“Messi, assim como Mascherano, foram muito humildes, companheiros e falaram de igual para igual. Mais uma vez, eles mostram que quem você é como pessoa é mais importante do que quem você é como atleta”, completa Lange.