Apesar do favoritismo, Mano pede cautela para o Cruzeiro contra o América

Yuri Edmundo/Cruzeiro/Divulgação

Depois de dar uma passo rumo a mais uma fase da Copa do Brasil, o Cruzeiro colocará à prova a sua invencibilidade na temporada 2017 diante do América-MG, em jogo válido pelo Campeonato Mineiro, que será realizado no próximo domingo às 16h, no estádio Independência. Rivais históricos, a Raposa leva vantagem sobre o Coelho nos 360 jogos realizados até o momento.

Segundo apontam as estatísticas, o Cruzeiro conquistou 150 vitórias, contra 101 do América, sendo que em 109 oportunidades o jogo terminou empatado. Além disso, o clube celeste já balançou as redes do adversário por 641 vezes e sofreu 520 gols.

LEIA MAIS:
OPINIÃO: VITÓRIA DO CRUZEIRO REAFIRMA ELENCO FORTE NA ATUAL TEMPORADA
DIFERENÇA EM VALORES DO PATROCINADOR PARA ATLÉTICO E CRUZEIRO ACIRRAM RIVALIDADE

Quando a análise recai apenas sobre os duelos realizados pelo Mineiro e o extinto Campeonato da Cidade, constata-se 99 triunfos da Raposa, contra 54 do Coelho, sendo que em 64 oportunidades o encontro acabou sem um vencedor.

O Cruzeiro também está na frente se formos analisar as partidas realizadas apenas no Independência, estádio do América. No Horto, o clube estrelado soma 22 vitórias contra 15 do adversário do próximo domingo.

Apesar dos números serem favoráveis ao Cruzeiro, o técnico Mano Menezes não espera um duelo fácil e em coletiva de imprensa adota um discurso cauteloso em relação a mais um encontro entre os rivais.

“Espero um jogo mais estudado. Não temos hábito de fazer jogos francos. Não gosto muito. É bonito pra quem olha, mas não é gostoso pra quem dirige e está envolvido no processo. Acredito em outros fatores pra buscar o resultado. O Cruzeiro tem outros talentos e outras qualidades, meu maior trabalho é organizar isso. Mas isso não aparece se a gente for uma equipe aberta em campo. O adversário tem suas escolhas. Não vamos de maneira aberta, vamos com organização e a qualidade dos jogadores”, disse Mano Menezes em coletiva de imprensa realizada na Toca da Raposa II na manhã desta sexta-feira.



Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.