Borja? Pratto? Juca Kfouri diz qual foi a melhor contratação da temporada

Palmeiras
Crédito da foto: Reprodução/ESPN Brasil

Juca Kfouri é um dos expoentes do jornalismo esportivo do Brasil. Ele concedeu entrevista ao Torcedores.com e respondeu às perguntas feitas pelos colaboradores e a redação do site.

Reuni perguntas de colaboradores e integrantes da redação e repassei a Juca Kfouri, que respondeu a todas. Ele deu a sua opinião sobre qual reforço dos clubes brasileiros considera o melhor da temporada.

Confira as perguntas e as respostas. Em cada questionamento está o nome do integrante do Torcedores.com que elaborou a questão para Juca Kfouri.

Carlos Lemes Jr: Como se sente tendo influenciado tantos profissionais no jornalismo esportivo?
Juca Kfouri: Eu sempre digo quando ouço isso que cada um deve arcar com suas escolhas: NÃO ME RESPONSABILIZEM! (rs).

Fabrício Carvalho: Qual time você mais admira no mundo hoje pelo sistema de jogo? Qual a melhor Copa do Mundo que você assistiu?
Juca Kfouri: Continuo apaixonado pelo Barcelona, mas quem mais me impressiona hoje é o Bayern Munique. A primeira Copa a gente nunca esquece: pela TV, a de 1970; in loco, a de 1982.

Luis Eduardo: Qual foi a melhor contratação do mercado brasileiro para a temporada? E como você espera que seja o Brasileirão com os times bem reforçados?
Juca Kfouri: Fico na dúvida entre Borja e Pratto. Acho que vamos ter um Brasileirão equilibradíssimo e de boa qualidade técnica.

Nícolas Córdova: O quão a política está infiltrada no meio futebolístico? Ela, por sua vez, mais atrapalha do que ajuda?
Juca Kfouri: Futebol e política são indissociáveis como goiaba e queijo. A boa política ajuda, a má atrapalha. Como o queijo…

Flávio Moreira: Existe hoje no futebol espaço para amizade entre jornalista e jogador como a sua com Sócrates?
Juca Kfouri: Certamente existe. Para mim, não mais.

Renan Prates: Muitos jornalistas se incomodam em responder a pergunta que mais atrai a curiosidade do torcedor: que time eles torcem. Você nunca teve problema em dizer que é corintiano. Como você enxerga essa comoção dos fãs de futebol pelo tema?
Juca Kfouri: Acho natural que as pessoas queiram saber e jamais escondi. Mas compreendo os que, hoje em dia, por causa da violência, omitem.

Leandro Bidola: Você teve influência na decisão do seu filho de ser jornalista? Você já participou de algum programa da ESPN com ele? Se sim, como foi? Se não, tem esse sonho?
Juca Kfouri: Tive indiretamente, porque ele sempre me acompanhou, ia à redação da Placar comigo, às minhas palestras. Mas não incentivei, até ao contrário. Na ESPN não, mas um dia o entrevistei com mais um filho de jornalista (não me lembro qual) num programa que eu tinha ao vivo na CNT.



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com