Veja o que a imprensa falou da goleada do Flamengo na estreia da Libertadores

Santos Milton Neves
Foto: Divulgação/Band

O Flamengo teve uma estreia de gala na Libertadores 2017. O Rubro-Negro contou com a ajuda de mais de 60 mil pessoas no mítico estádio do Maracanã e não desapontou dentro de campo. O time goleou o San Lorenzo, da Argentina, por 4 a 0, gols de Diego, Trauco, Rômulo e Gabriel. O resultado coloca o Mengão na liderança do Grupo 4 da competição, com três pontos, e foi motivo de elogios por parte dos comentaristas esportivos brasileiros.

O Torcedores.com fez um apanhado com as impressões dos apresentadores e comentaristas esportivos de diversos canais e sites. Confira os que eles disseram logo abaixo:

LEIA MAIS:

GLOBO TRANSMITIRÁ DOIS JOGOS DO MENGÃO NA TAÇA RIO; RESTANTE SÓ NA TV PAGA
VASCO VAI LUCRAR COM VENDA DE JOGADOR DO FLA; ENTENDA
GLOBO ESCOLHE O FLA E DEIXA VASCO E FLU NA TV PAGA EM DUAS SEMANAS

Milton Neves (apresentador das rádio e TV Bandeirantes e blogueiro do UOL) – O apresentador opinou que a goleada sobre o San Lorenzo fez o Flamengo esquecer rapidamente a derrota para o Flu na final da Taça Guanabara e a torcida já começar a sentir o “cheirinho” novamente.

André Rocha (blogueiro do UOL) – Para o comentarista esportivo, o Flamengo mostrou que vai melhor com Berrío na vaga de Mancuello, opção utilizada por Zé Ricardo na segunda etapa da partida. Desta forma, o time fica mais previsível, porém, ganha muito em volume de jogo.

“O time, porém, ainda precisa de ajustes. Mesmo com a sequência invicta de 18 partidas, a maior do país entre os clubes da Série A. Com Everton e, bem provável, Berrío na vaga de Mancuello. Pelo que se viu até aqui na temporada, Zé Ricardo não terá como aguardar Conca com um ”dublê” fazendo a função que  espera do argentino. Porque o Flamengo é o time dos pontas”, escreveu André.

Paulo Vínicius Coelho, o PVC (comentarista da Fox Sports e blogueiro do UOL) – Segundo o jornalista, o Mengão fez a melhor estreia em Libertadores deixando para trás a vitória de 1984, quando bateu o Santos, por 4 a 1, no mesmo Maracanã. Além disso, exaltou muito a atuação do meia Diego, autor do primeiro gol do Fla na goleada.

“Maestria é a palavra. Diego sobrou. Participou de três dos quatro gols, deu o passe para Trauco e bateu o escanteio para Berrio desviar e Rômulo marcar”, escreveu PVC em seu blog.

Mauro Beting (comentarista do Esporte Interativo e blogueiro do UOL) – O comentarista citou o bom futebol do Fla durante o segundo tempo da goleada, mas escolheu o quarto gol, de Gabriel, como o mais bonito da noite, fazendo referência à atuação da primeira etapa, sem brilho.

“A bola de Gabriel bateu na rede como se fosse uma parede. Voltou como se nada tivesse acontecido. Parecia até o Flamengo do primeiro tempo, e de tantos tempos recentes. Joga bem. Passe de pé em pé. Mas falta exatamente um chute para quebrar o marasmo. O passe entrelinhas. O passo adiante”.

Por fim, Mauro disse que o gol de Diego, de falta, teria a assinatura de Zico.