Com Flamengo, Globo tem a maior audiência da Libertadores desde 2010

Getty Images

A estreia promissora do Flamengo na Libertadores com goleada sobre o San Lorenzo (4 a 0) na noite da última quarta-feira, no Maracanã, rendeu números expressivos de audiência à Globo RJ. A emissora carioca teve a maior audiência da competição sul-americana desde maio de 2010.

De acordo com dados recebidos pelo Torcedores.com, a vitória rubro-negra marcou 35 pontos de audiência e 53% de participação no Rio de Janeiro. Foi a segunda maior média do futebol carioca esse ano, só perdendo para a decisão da Taça Guanabara, entre Fluminense x Flamengo (36 pontos). Pegando como parâmetro apenas a Libertadores, a Globo não registrava média igual ou maior desde maio de 2010, quando exibiu Universidad de Chile x Flamengo (38 pontos).

VEJA MAIS:
Veja o que a imprensa falou da goleada do Flamengo na estreia da Libertadores 
Galvão se rende à velocidade de Berrío no Flamengo: “Parece o Bolt” 

Libertadores em São Paulo:

Em São Paulo, a Globo transmitiu o empate do Palmeiras (1 a 1) contra o Tucumán, na Argentina. Os números foram bem mais modestos (24 pontos de média e 37% de participação). A média foi a mesma de quarta-feira anterior com o duelo decisivo entre Brusque x Corinthians, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Liga dos Campeões da Europa:

A Globo transmitiu no final da tarde de quarta-feira a emocionante goleada do Barcelona sobre o PSG (6 a 1), pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Em São Paulo, a partida registrou 17 pontos de audiência, com 30% de participação. Comparando com o primeiro jogo da competição que o canal exibiu em 2016, o crescimento foi de 3 pontos ou +21%.

No Rio de Janeiro, Barcelona x PSG rendeu 25 pontos de audiência, com 44% de participação. Comparando com o primeiro jogo da competição que o canal exibiu em 2016, o crescimento foi de 4 pontos ou +19%.

Cada ponto no Ibope equivale a 67.113 domicílios sintonizados em São Paulo, apenas na região metropolitana, referência para o mercado publicitário. No Rio de Janeiro, um ponto equivale a 43.346 residências.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)