Brasileirão 2016 ainda não acabou, Inter tenta marcar julgamento sobre o caso Victor Ramos

Foto reprodução/site oficial Internacional

Inter tenta marcar julgamento sobre caso Victor Ramos no TAS buscando permanência na Série A do Campeonato Brasileiro.

3 meses após o rebaixamento do Internacional para a Série B do Campeonato Brasileiro, o descenso do colorado ainda não foi digerido pelos dirigentes do clube gaúcho. Desde as últimas rodadas do Brasileirão do ano passado o Inter acusa que o Vitória fez uma escalação irregular.

LEIA MAIS:
INTER TEM DOIS RETORNOS CONFIRMADOS PARA A PARTIDA DE DOMINGO

O colorado aponta que a transferência do zagueiro do Vitória foi irregular, isso porquê Victor Ramos se transferiu para o Vitória no início do ano passado junto ao Monterrey do México, mas antes o zagueiro estava emprestado ao Palmeiras e na visão dos dirigentes colorados, o Vitória fez uma transferência irregular.

Uma rodada antes do final do brasileiro, o Inter apresentou um documento com 42 páginas no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) pedindo que investigasse a transferência feita pela Vitória. Com a tentativa fracassada de tirar pontos do Vitória com a escalação irregular, o colorado entrou com um recurso no TAS (Tribunal Arbitral do Esporte), que tem sede na Suíça.

Porém se o Inter conseguir provar que a escalação foi irregular por parte do Vitória, o clube gaúcho ainda terá mais uma barreira pela frente. Isso porquê de acordo com o estatuto do torcedor exige que o regulamento de uma competição seja registrado 60 dias antes de seu início.

Com os documentos enviados ao TAS, o Inter pede que CBF, STJD e Vitória reabram o caso para a análise da entidade estrangeira.