Bandeira: “Demonstramos que o Maraca tem que ser do Mengão”

Reprodução

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, mostrou otimismo com a possibilidade de o clube voltar a mandar os seus jogos no Maracanã.

“A situação é de expectativa. Nós fizemos uma festa maravilhosa na quarta-feira, e demonstramos por A mais B que o Maraca tem que ser do Mengão. O Flamengo é a única solução possível para que o Maracanã seja um projeto atrativo, seja esportiva ou financeiramente. Agora temos que aguardar a definição das autoridades para ver se isso efetivamente vai se traduzir na prática”, disse em exclusiva para o Torcedores.com.

O otimismo de Bandeira com a possibilidade de usar o Maracanã é por causa da última experiência bem sucedida do Flamengo no estádio. O clube mandou o seu jogo de estreia da Libertadores 2017 contra o San Lorenzo no local, e venceu por 4 a 0, com direito a Maraca lotado e com mosaico especial dos flamenguistas para a partida.

Mas se o Flamengo não tiver autorização para mandar suas partidas no Maracanã, Bandeira já tem um plano B: o estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador. O presidente já tem até a data para que o time passe a jogar lá: “Em abril, mês que vem, início do mês que vem, a gente já vai estar jogando na Ilha”.

Veja o que Bandeira falou para o Torcedores.com: