Pai de Camacho, do Corinthians, morre em acidente de elevador

Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Na noite do último domingo (20), o pai do jogador Guilherme Camacho, do Corinthians, seu Anízio Camacho, faleceu após um trágico acidente de elevador dentro de casa, no Rio de Janeiro.

De acordo com a assessoria do Corinthians, a mãe, Rita, e o irmão do jogador, Leonardo, que é paraplégico, estavam no elevador, e não correm risco de vida. O equipamento destinado para facilitar a vida do irmão do volante alvinegro despencou, e Anízio não resistiu aos ferimentos causados pela queda.

LEIA MAIS
CORINTHIANS ENFRENTA O BRUSQUE-SC NA SEGUNDA FASE DA COPA DO BRASIL
CORINTHIANS RENOVA CONTRATO DE VINÍCIUS DEL’AMORE ATÉ O FINAL DE 2019
GOLEADOR DO CORINTHIANS NA COPINHA PASSA POR CIRURGIA E DEVE FICAR PARADO POR DOIS MESES

O Timão soltou um comunicado oficial lamentando a morte do pai do atleta. “Que o seu pai descanse em paz e que toda a família tenha força pra superar este momento tão difícil“, disse. O clube ainda dispensou o jogador dos treinamentos nesta segunda-feira (20).

A confirmação da morte do pai jogador causou comoção nas redes sociais. A torcida do Corinthians invadiu os perfis de Camacho para prestar solidariedade. A hashtag #ForçaCamacho também foi criada para deixar mensagens de apoio ao atleta.

Veja a nota publicado pelo Corinthians na manhã desta segunda-feira (20):

O Sport Club Corinthians Paulista informa com pesar o falecimento de Anízio Camacho, pai do volante Camacho, na noite do último domingo (19), no Rio de Janeiro, após um trágico acidente de elevador na casa da família.

A mãe Rita e irmão Leonardo também estavam no elevador, mas não sofrem risco de morte.

O Sport Club Corinthians Paulista deseja força a seu jogador e a toda a sua família neste momento tão difícil.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.