Juventus vence Porto fora de casa, veja como foi a partida

Juventus
Reprodução / Facebook Juventus

Na noite desta quarta-feira, 22, pudemos acompanhar a partida entre Juventus e Porto, em Portugal no Estádio do Dragão, pela Champions League. No começo da partida os times se estudaram muito, diferente dos outros jogos que já foram realizados nessas oitavas de final, demonstrando o interesse de não tomar o gol logo de inicio, utilizando até uma formação bem parecida.

A Juventus rodava a bola em todo o campo, principalmente recuando a bola para Buffon, diminuindo a velocidade de jogo do Porto. Até que aos 26 minutos, algo que mudaria o ritmo de jogo ocorreu, Alex Telles, lateral esquerdo do porto, foi expulso logo depois de executar dois lances violentos consecutivos, tomando o primeiro amarelo aos 25 e o segundo aos 26 minutos. Após a expulsão, o técnico do porto tirou o artilheiro do time André Silva, para recompor a defesa com Miguel Layún.

LEIA MAIS:
CONFIRA RESULTADOS DO MEIO DE SEMANA DA CHAMPIONSHIP 2016/17
VEJA O QUE A IMPRENSA DISSE DA VITÓRIA DA JUVENTUS SOBRE O PORTO

A Juventus começou a pressionar aproveitando a vantagem numérica e criando um número maior de chances de gol, apesar da vantagem numérica, o time tocava muito e só finalizava as jogadas por meio de cruzamentos para a área, a jogada mais perigosa no primeiro tempo, foi um chute de fora da área de Dybala que acabou explodindo na trave.

No início da segunda etapa, o Porto começou pressionando a e criando chances logo no início, enquanto a Juventus continuava tentando finalizar as jogadas através de cruzamentos, as melhores chances do time italiano continuavam sendo os chutes do argentino Dybala. Aos quinze minutos o jogo já ia ficando morno, pois a Juventus não oferecia muito perigo com seus cruzamentos e o porto não conseguia chegar ao ataque, devido sua falta de jogadores.

Então, faltando cerca de 20 minutos para o fim da partida, as estrelas de Marko Pjaca e Daniel Alves brilharam, logo após a entrada de Pjaca no lugar de Cuadrado, o mesmo fez uma tabela com Dybala que contou com um desvio, a bola sobrou dentro da área e ele mandou a bola no canto esquerdo baixo de Casillas aos 72 min. Exatamente 2 minutos depois, Daniel Alves que entrou no lugar de Lichsteiner, recebeu um cruzamento, dominou no peito e chutou novamente no canto esquerdo de Casillas.

Nos momentos finais da partida a Juventus ainda teve algumas chances de ampliar a vantagem, mas o jogo permaneceu 2 a 0, assim mantendo a “freguesia” do Porto diante a Juventus na Champions League.