Carille rasga elogios ao Corinthians e admite que não esperava gol no final

Corinthians
Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Em entrevista coletiva após a vitória emocionante do Corinthians sobre o Palmeiras, por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (22), o técnico Fábio Carille evitou falar dos erros de arbitragem e destacou a “felicidade imensa” pelo triunfo com gol de Jô no Dérbi.

Sinto uma felicidade imensa. Temos pouco tempo de trabalho, e os jogadores tendo um entendimento muito grande, se entregando. Olho no olho de todos, respeito do mais velho ao mais novo. O grupo fortalece. São 35, 40 jogadores, tenho de escalar 11. Tenho de ser verdadeiro com todos“, comentou Carille.

LEIA MAIS
JÁ VAI? ARANA DÁ LINDA CANETA EM MICHEL BASTOS, NO DERBY; ASSISTA
GABRIEL PROVOCA PALMEIRENSES APÓS VITÓRIA DO CORINTHIANS: “VAI TOMAR NO C… PORCADA”
JÔ CITA MUDANÇA DE VIDA PARA EXALTAR GOL E DEDICA PARA ‘TODA TORCIDA DO CORINTHIANS’

Vou falar muito pouco. As imagens estão aí, vocês da imprensa podem falar mais. Aconteceu erro mesmo e poderia prejudicar sim um clássico desse tamanho, mas meu time foi muito obediente, a entrega deles, determinação, envolvimento do banco. Estamos formando uma família a aos poucos vamos crescer“, declarou sobre o erro do árbitro Thiago Duarte Peixoto.

Projetando melhorias na equipe alvinegra, o treinador corintiano destaca que a vitória traz confiança para seguir o planejamento iniciado há dois meses, quando foi efetivado no cargo. “Da forma que foi, valoriza sim, não tem jeito. Valoriza muito. Saímos todos muito mais fortalecidos, com certeza. Minha briga agora é para manter. É normal ir para o outro jogo um pouquinho mais abaixo, amanhã minha briga é para que a gente vá a Mirassol e mantenha esse jogo intenso lá“, completou.

O centroavante Kazim, inglês naturalizado turco, foi um dos jogadores que ganharam elogios do comandante pela forma que atuou na etapa final. Carille, inclusive, admite surpresa com o gol. “O Kazim fez uma excelente partida. Ele prendeu bem a bola lá na frente, o que era muito necessário, já que estávamos com um jogador a menos. Quando o Jô entrou, a ideia era só marcar o Palmeiras. Naquele momento do jogo, já não esperávamos algo além. Estou sendo sincero. E tivemos a nossa grande atuação premiada com o gol”, finalizou o treinador corintiano.

Com a vitória, o Corinthians dispara na liderança do Grupo A do Paulistão, com 12 pontos. A equipe volta a campo no próximo sábado (26), às 19h30, contra o Mirassol.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.