Emocionado, árbitro assume a erro em Dérbi e diz: ‘Espero que minha carreira continue’

arbitro
Foto: Reprodução

Após errar gravemente no clássico Corinthians x Palmeiras, o árbitro Thiago Duarte Peixoto, em um momento inusitado, falou sobre o lance ocorrido e assumiu o erro. Com a voz embargada e emocionado, ainda afirmou que espera que possa continuar com sua carreira de juiz.

Na zona mista da Arena Corinthians, Thiago Duarte falou após ver vídeos do exato momento da jogada que culminou com a expulsão de Gabriel, de forma errada, quando na verdade deveria aplicar o cartão amarelo em Maycone admitiu que errou.

“Realmente houve equívoco da arbitragem hoje no lance pontual feito por mim. Teve um lance de contra-ataque para a equipe do Palmeiras, onde o jogador parte em contra-ataque e as diretrizes são que quando impede um ataque promissor por segurar o adversário você tem que aplicar o cartão amarelo. Foi o que eu fiz, porém para o jogador errado. Quem faz a falta por agarrar é o Maycon. Como eu sei disso, após a partida fizemos os feedbacks”, explicou.

“Por que eu me confundo? Porque no momento em que o zagueiro puxa, tem um jogador, se não me engano o Pablo, ele dá uma chegada dura por baixo, onde fico preocupado. E quando eu levanto a cabeça vejo o Gabriel na minha frente. Erro? Sim, um erro. Mas aquilo me influenciou de eu olhar para ele e aplicar o amarelo, digo, erroneamente”, completou. 

Thiago ainda afirmou que sabe que o erro foi grave e ficará marcado na carreira, mas espera que após o lance sua carreira não precise ser interrompida.

“Já deve ter marcado (o lance). Assim, eu escolhi ser árbitro de futebol, eu escolhi isso para minha vida e se eu não tiver preparado para os erros como para os acertos, se a comissão confiou em mim para estar aqui é porque eu merecia, e espero que eu continue minha carreira. Sim um aprendizado, difícil errar em um clássico, já passei por momentos difíceis na minha vida pessoal e agora é um momento delicado na minha vida profissional. Espero, com muita fé e muita força de vontade, que minha carreira possa seguir como segue a carreira de todo mundo quando comete um erro”, disse. “Não estou querendo justificar. Eu errei, apliquei o amarelo para a pessoa errada, mas espero do fundo do meu coração que minha carreira continue”, finalizou.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.