A estrela solitária do Botafogo tem nome: Gatito Fernández!

Reuters

Botafogo perde de um a zero no tempo normal. Placar leva a partida para os pênaltis. Goleiro botafoguense que começou no banco pega três e classifica o Glorioso para a fase de grupos.

Leia também: Desportivo Capiatá x Atlético paranaense: assista aos melhores momentos

Palmeiras perde para o Corinthians e vira piada na web; veja memes

Olimpia (1) 1 x 0 (3) Botafogo: assista à classificação heroica do Glorioso

O primeiro tempo da partida no Defensores Del Chaco começou com domínio do time da casa. Com a torcida cantando o tempo todo, o Olímpia terminou os 45 minutos iniciais com 63% de posse de bola. Contudo, o domínio se mostrava pouco efetivo. Muito por conta da boa marcação do Botafogo, que jogou com três zagueiros e três volantes, ainda que o garoto Marcelo jogasse improvisado na direita, no lugar de Jonas, suspenso.

As investidas do Glorioso se dava com a velocidade de Pimpão e Victor Luiz, cada um de um lado. O lateral esquerdo foi um dos destaques do alvinegro carioca, tendo bastante liberdade pela esquerda e com uma boa reposição no campo de defesa.

O Olímpia só começou a ameaçar o Botafogo no final do tempo, fazendo com que Helton Leite – titular no lugar de Gatito Fernández que volta de lesão – espalmasse a bola mais perigosa da partida. Ainda assim, o time da casa pouco ameaçou o visitante, que marcou bem durante todo o tempo.

Olímpia não sai do campo de ataque e acha gol

Segundo tempo prometia ainda mais pressão do Olímpia, o que se confirmou. Jogando em seu campo de ataque o tempo todo, os chilenos possuíam a bola mas esbarravam na forte marcação do Botafogo, que teve Helton Leite substituído aos 15 minutos por lesão.

Mesmo que sem eficiência, o Olímpia conseguiu o gol aos 35, com Montenegro, após uma saída de Marcelo que esbarrou em Roque Santa Cruz (que entrou aos 6 min da etapa final) que tocou para Montenegro, livre marcar. 1×0, placar que levou aos pênaltis.

Nos pênaltis, brilha a estrela solitária: Gatito Fernández!

Na loteria das cobranças, o Olímpia abriu a série e começou a brilhar a estrela de Gatito Fernandes, que entrou durante o segundo tempo. Pegou a primeira cobrança no canto direito de seu gol. Camilo marcou para o Bota. Na segunda cobrança, sequer precisou sair do meio do gol, só estendendo os braços pra defender. Pimpão ampliou. Fernandes finalmente marcou para os paraguaios e Victor Luiz marcou o terceiro para os brasileiros. Por fim, Benitez chutou no canto esquerdo e Gatito acertou: 3×1 nos pênaltis, três defesas pro goleiro alvinegro.

O Botafogo está na fase de grupos da Libertadores, precisamente no 1, com Atlético Nacional, Estudiantes e Barcelona de Guaiaquil. A estreia na fase de grupos é dia 14 de Março, no Nilton Santos, contra o Estudiantes.