Palmeiras é grande! Veja 12 gifs que resumem o ano do palmeirense

Palmeiras
Divulgação/ Facebook Oficial

O Palmeiras terminou 2016 com muita moral. Campeão brasileiro, o Verdão conseguiu uma campanha incontestável na competição nacional depois de um primeiro semestre conturbado. A chegada de Cuca e o brilho de jogadores como Jailson e Moisés levantaram o astral dos palmeirenses que sofreram um misto de emoções durante o ano.

Pensando nos momentos que o palmeirense passou durante todo o ano de 2016, o Torcedores.com fez uma lista de gifs que resumem este período vitorioso do clube, confira.

LEIA MAIS

Cuca provoca críticos do “Cucabol” e pede para Moisés cobrar lateral em premiação

O ano começou cheio de expectativas por parte do palmeirense que viu o seu time de volta à Libertadores depois do título na Copa do Brasil.

Mas depois de alguns jogos e uma sequência negativa que culminou na goleada para o Água Santa por 4 a 1, a paciência do torcedor palmeirense (que não é muito grande) acabou.

Com uma campanha irregular na Libertadores e a goleada vexatória para o Água Santa, Marcelo Oliveira que era muito criticado pela torcida desde 2015 (finalmente) saiu do comando técnico.

A lacuna deixada por Marcelo Oliveira foi preenchida por Cuca, que chegou com moral no Palmeiras depois de boas passagens por Atlético-MG e o futebol chinês, renovando a esperança do torcedor mesmo com a situação complicada na fase de grupos da Libertadores. Apesar de tudo, o novo comandante não conseguiu salvar o time da eliminação na competição.

Dez dias depois da eliminação na Libertadores, o Palmeiras tinha outra decisão pela frente. Pelo Paulistão, o Verdão jogaria o clássico contra o Santos na semifinal, tentando salvar o semestre de mais uma decepção. Depois de estar perdendo 2 a 0, o alviverde empatou a partida nos últimos minutos com dois gols de Rafael Marques e levou a definição para os pênaltis.

Mesmo com a reação, o Palmeiras perdeu nos pênaltis e foi eliminado do Paulistão.

Depois de duas decepções, o torcedor palmeirense estava desconfiado com o time que não vinha jogando bem. Mesmo assim, Cuca declarou em uma entrevista que o clube paulista seria campeão do Brasileirão. O ótimo início na competição chamou atenção da torcida que viu uma mudança considerável no time.

Em meio a euforia das vitórias, o Palmeiras recebeu uma péssima notícia: Fernando Prass, que havia sido convocado para a Seleção Olímpica, fraturou o cotovelo e estava fora do resto da temporada.

A informação pegou de surpresa os torcedores que teriam que se contentar com Vágner, substituto imediato de “São Prass”. A sequência de três jogos sem vitória começou a preocupar os palmeirenses.

O ano realmente foi do Palmeiras. Quando tudo parecia começar a dar errado, surge então Jailson. O goleiro de 35 anos, terceira opção no começo do ano, ganha uma chance como titular e quase que instantaneamente, ganha o coração do torcedor palmeirense.

Mesmo com a eliminação na Copa do Brasil, tudo corria bem para o Palmeiras que caminhava a passos largos para conquistar o nono título brasileiro depois de 22 anos. Enquanto isso, palmeirenses (traumatizados por 2009) pensavam: “Será que vai mesmo?”

Com larga vantagem sobre o segundo colocado, o título do Brasileirão já estava próximo e contra o Botafogo ficou muito perto de acontecer, mas a combinação de resultados ainda não garantiu o fim do sofrimento palmeirense que não esperava a hora para gritar: “É CAMPEÃO!”.

Contra a Chapecoense chegou o tão esperado momento: o Palmeiras venceu e finalmente se sagrou campeão brasileiro de 2016, para delírio da torcida alviverde.

Com Santos em segundo (outra vez), o Corinthians fora da Libertadores e São Paulo quase ficando fora dos dez primeiros colocados, os palmeirenses não conseguiam segurar a risada com o sofrimento dos rivais.

Gifs: GIPHY