Sobreviventes do acidente aéreo na Colômbia retornam ao Brasil nesta terça

Reprodução/Instagram Amanda Ruschel

Dois sobreviventes do acidente aéreo envolvendo a delegação da Chapecoense e jornalistas, deixam a Colômbia na manhã desta terça-feira (13). Após o retorno do goleiro Jackson Follmann, que chegou ao Brasil na madrugada desta terça-feira (13) e foi direto para o Hospital Albert Einsten, em São Paulo, o lateral-esquerdo Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel, deixarão o Hospital Rio Negro, em Medellín, rumo à cidade de Chapecó.

A previsão é que eles deixem o hospital por volta das 11h40 e cheguem em Santa Catarina às 20h40, pelo horário de Brasília. Ambos virão em um avião da (FAB) Força Aérea Brasileira, adaptado para transportá-los em duas UTIs móveis. Médico da Chapecoense, o ortopedista Carlos Mendonça, será o responsável por acompanhar os pacientes no voo até Chapecó, onde se manterão hospitalizados seguindo o tratamento.

LEIA MAIS: CRAQUE DA GALERA: DANILO,HERÓI E GOLEIRO DA CHAPECOENSE
MÉDICOS INFORMAM ZAGUEIRO NETO SOBRE A TRAGÉDIA DO AVIÃO DA CHAPECOENSE
DIRETOR DA LAMIA TEM PRISÃO PREVENTIVA DECRETADA NA BOLÍVIA

Último dos sobreviventes a ser socorrido, o zagueiro Neto, pode retornar ao Brasil até o final da semana. Desde a última sexta-feira (09), Neto respira sem ajuda de aparelhos e seu estado de saúde se mantém estável. Os médicos consideram sua recuperação surpreendente e apelidaram o atleta de super-homem. Na última segunda-feira (12) Neto foi informado sobre o acidente por uma psicóloga e médicos responsáveis pelo tratamento.