Paulo de Carvalho, Chefe executivo do Tubarão, elogia Curso de Gestão Esportiva da CBF

Crédito da imagem: divulgação.

A temporada de futebol chegou ao fim no Brasil com a definição do Campeonato Brasileiro. Fora de campo, o ano de 2016 acabou junto com o Curso de Gestão Esportiva oferecido pela Confederação Brasileira de Futebol. Foram 87 novos gestores que acompanharam os oito módulos: Gestão Técnica do Futebol, Planejamento Estratégico, Direito Esportivo, Marketing Esportivo, Finanças e Recursos Humanos, Gestão de Competições, Gestão Técnica do Departamento de Futebol e Comunicação.

Recém-contratado para comandar o futebol do Tubarão, da elite do futebol catarinense, Paulo de Carvalho falou da importância das aulas para as carreiras dos profissionais.
“Esse aprendizado com certeza será um diferencial para o dia a dia dentro do clube. A CBF reuniu pessoas gabaritas em suas áreas e capazes de transmitir muito aprendizado. O futebol brasileiro necessita dessa evolução diretiva e avaliou esse curso como um verdadeiro sucesso”, disse o dirigente.
Com passagens por Santos, de 2009 a 2011, e Penapolense, 2013 e 2016, Paulo garante que os oito módulos deram a ele outro visão dos bastidores do futebol.
“Percebo que a experiência sempre nos agrega pontos positivos. Vejo agora como meus erros do passado poderiam ser evitados e os acertos potencializados. Me sinto um profissional melhor, com mais embasamento par ajudar o meu clube a evoluir fora das quatro linhas”, completou Paulo.
Paulo de Carvalho assumiu, na última semana, o cargo de Chefe Executivo do Tubarão, clube que disputará a elite do campeonato catarinense em 2017.