Opinião: 6 Posições em que o São Paulo deve contratar para 2017

Crédito da foto: Igor Amorim/saopaulofc.net

Enfim 2016 acabou para o São Paulo. Um dos anos mais sofridos da história do clube e que ultimamente virou “normal”. A partir de agora, é um novo capítulo da história que será escrito. Na próxima temporada, Rogério Ceni será o técnico do time e o time deve ter consideráveis mudanças em relação à atual temporada. Ele vai reformular a comissão técnica e terá o auxilio de Pintado, o inglês Michael Beale ex-treinador da base do Liverpool e Chelsea e o francês Charles Hembert que já trabalhou na seleção brasileira. Outro nome que pode surgir é o de Haroldo Lamounier. O preparador de goleiros trabalhou com Ceni quase toda a carreira e foi deslocado para a base no último ano. Agora, ele deve conversar com o presidente Leco para voltar a trabalhar com o profissional no elenco principal.

O elenco deve mudar bastante em meio aos fracasso deste ano em quase todas as competições. No Campeonato Paulista, o time foi eliminado nas quartas de finais após ser goleado pela sensação Audax. Na Libertadores, conseguiu surpreender e chegar até semifinal, sendo eliminado pelo futuro campeão Atlético Nacional. Na Copa do Brasil, o time chegou até as oitavas de final e foi eliminado pelo Juventude após derrota no Morumbi por 2 a 0 e vitória no Alfredo Jaconi por 1 a 0. E por último, no Brasileirão a vergonhosa e pior campanha na história terminou na décima posição e se salvando a poucas rodadas do fim.

LEIA MAIS:

Confira análise de imprensa sobre o jogo entre São Paulo e Santa Cruz

“O ano foi aquém do que poderíamos. Pegamos um São Paulo numa situação financeira muito difícil. Mais do que tudo, o clube estava desacreditado e sem credibilidade em todas as relações, seja com o torcedor ou com o mercado. Foi um trabalho muito difícil, uma transição que ocorreu aos poucos. Mesmo assim, chegamos a uma semifinal de Libertadores. Copo termina meio cheio, meio vazio, mas queremos mais para 2017. Não podemos nos acostumar com a situação que vivemos neste ano” disse Leco em entrevista.

Veja abaixo quais são as posições que o time deve ser reforçado:

Goleiro – A contratação de Sidão do Botafogo é quase certa, restando apenas detalhes para o anúncio. A contratação se dá pelo fraco início de Denis em 2016 e pela insatisfação de parte da diretoria e da torcida. Renan Ribeiro passou parte da temporada lesionado e não tem futuro garantido em 2017. Léo deve ser dispensado após 12 anos de São Paulo.

Zaga – Rodrigo Caio e Maicon foram titulares indiscutíveis nesse ano. O campeão olímpico deve sofrer forte assédio da Europa e não sabe se fica. Para a reserva, Lyanco é aposta da diretoria e Breno que se recupera de cirurgia, deve ser utilizado por Rogério Ceni em 2017. Falta um zagueiro experiente para ser reserva imediato da dupla titular. A situação de outros jogadores é indefinida:  Lugano deve se aposentar no final do contrato, Lucão pode ir para o Santos ou ser emprestado para perder o rótulo de azarão dado pela torcida. Douglas não jogou desde quando chegou e deve estreiar na Flórida Cup.

Lateral esquerda: Mena vai ser devolvido ao Cruzeiro devido ao alto valor para a compra. Matheus Reis pode ser emprestado para adquirir experiência e a posição conta com o retorno de Reinaldo, que estava emprestado a Ponte Preta e tem proposta para sair em definitivo. Carlinhos deve ser dispensado já que vive lesionado e quando joga não é aprovado. O jovem Junior do sub-20 tricolor deve ser efetivado. É necessário a compra de um titular para suprir a carência.

Volante – Hudson, Thiago Mendes e João Schmidt se alternaram no ano. O último, tem situação contratual dificil e deve deixar o clube por medo de não ter continuidade em 2017. O time sub-20 tem bons volantes que estão sendo acompanhados pelo novo técnico e ganharam chances. Há necessidade da compra de um reserva para a dupla afim de evitar a comodidade de ambos.

Meia – Com apenas Cueva, a posição mais carente da temporada tem que receber novas opções. Um meia experiente mas longe do fim da carreira tem que chegar para auxiliar o peruano e um reserva que incomode os titulares tem que chegar.

Atacante – Chavez, David Neres, Wellington Nem e Luiz Araújo serão usados pelo M1to. É quase certeza que jogadores da base devem subir mas ainda falta um jogador experiente e com boa capacidade técnica. Cristian Cólman deve ser contratado nos próximos dias.

Foto: Igor Amorim / saopaulofc.net



Estudante de jornalismo e atualmente setorista do São Paulo no Torcedores.com