Opinião: Cinco motivos para o trabalho de Dorival Jr ser exaltado

Foto: Ivan Storti/SantosFC

No último domingo (11), o Santos finalizou a sua participação do Campeonato Brasileiro na vice-liderança, com 71 pontos. Apesar da boa campanha do Peixe, alguns santistas insistem em buscar motivos para pedir a demissão de Dorival Jr. Apesar de levar a equipe com chances de título até a penúltima rodada do Brasileirão, além de ter conquistado o título do Campeonato Paulista, o trabalho do treinador ainda é questionado por parte da torcida.

Desta forma, resolvi elencar alguns motivos que merecem ser analisados pelos torcedores que não reconhecem o bom trabalho que foi desenvolvido pelo treinador. Confira:

  1. Elenco limitado: Apesar da boa campanha da equipe santista o Brasileirão, não podemos negar que o elenco do alvinegro praiano não é dos melhores. Se analisarmos jogador por jogador com os demais clubes que terminaram o campeonato no G-4 do Campeonato Brasileiro, vamos colocar outros clubes na frente do Santos, em relação a qualidade técnica de seus jogadores suplentes. E para disputar uma competição longa, o que os comentaristas esportivos, dirigentes, jogadores e treinadores mais destacam é possuir um elenco com quantidade e qualidade.
  1. Desfalques: O maior problema de possuir um elenco limitado é quando precisa utilizar peças de reposição. Durante a temporada, o técnico Dorival Jr precisou de adaptar com as ausências de atletas que foram convocados para defender as suas seleções (Copete, Gabigol, Thiago Maia, Gustavo Henrique, Lucas Lima e Ricardo Oliveira), além dos desfalques por conta das convocações, o Peixe perdeu o atacante Gabigol, que se transferiu para a Inter de Milão. O treinador santista, também precisou formar uma nova dupla de zaga durante o campeonato, os titulares da posição, Gustavo Henrique e Luiz Felipe, se lesionaram e só retornam em 2017.
  1. Libertadores: Se em 2015 a classificação para Libertadores bateu na trave, o Santos garantiu com antecedência sua participação na competição. A boa campanha do Peixe no Brasileirão permitiu com que o alvinegro voltasse a disputar a Libertadores, feito que não acontece desde 2012, quando o time ainda contava com o craque Neymar.
  1. Treinadores no mercado: Caso a diretoria do Santos demita Dorival Jr, qual treinador estaria disponível no mercado para assumir o Peixe? Visto que os melhores treinadores do Brasil já estão empregados e recebem salários considerados acima do teto salarial do Santos.
  1. Valorização dos jogadores da base: “Melhor base do Brasil”, é a frase que o torcedor santista mais se orgulha em utilizar em discussões futebolísticas, post’s na internet e em qualquer outra oportunidade que puder utilizar essa afirmação. Desta forma, o Peixe possui um treinador que além de dar oportunidade para atletas das categorias de base, também acompanha as partidas e os treinos das categorias inferiores, buscando sempre pinçar jogadores que podem ser aproveitados pelo elenco principal. Atualmente, o Santos é a equipe da Série A que possui mais jogadores que vieram da base e foram aproveitados na equipe profissional, são eles: Gabigol (vendido para a Inter de Milão), Vitor Bueno (antes de chegar no Santos, nunca havia atuado em nenhuma equipe principal), Gustavo Henrique, Thiago Maia, Zeca, Caju, Arthur Gomes e Léo Cittadini.

 

 



Nagila Luz (22) é jornalista formada pela UNITAU.