“Manaus Hoje” faz manchete machista sobre seleção feminina

A seleção brasileira feminina de futebol está no Torneio Internacional Feminino e vem desempenhando uma excelente participação no que concerne raça, muito jogo de bola e, sobretudo, representatividade em campo. As minas têm mantido uma resistência na competição muito positiva nessa disputa. E, certamente, muitas pessoas não sabem que elas estão neste torneio. No entanto, o Torcedores tem acompanhado o percurso e mostrado o futebol brasileiro na competição feminina.

Bom, mas infelizmente esse texto não é sobre o papel fundamental que elas têm desempenhado nesse torneio, juntamente com o novo comando técnico de Emyli Lima. Trata-se, portanto, da publicação machista, desrespeitosa, grosseira e, principalmente, com uma linguagem que desqualificam as meninas da seleção, de um jornal de grande circulação em Manaus.

O jornal “Manaus Hoje”, em sua publicação desta segunda-feira (12), trouxe a seguinte manchete: “Meninas dão de quatro”, referindo-se ao placar contra a seleção feminina Russa, que foi derrotada de 4×0 pelas brasileiras, na Arena da Amazônia, garantindo uma vaga na final do torneio.

De antemão, quero deixar muito claro que sei do meu lugar de pessoa privilegiada para falar sobre esse assunto – afinal, sou homem e não sofro, diretamente, machismo. Também quero mencionar que há jornalistas mulheres talentosas que fazem um excelente trabalho na cobertura de futebol feminino. Uma dessas mulheres é uma amiga, Lú Castro, que alimenta o Blog “Futebol para Meninas”.

Mesmo reconhecendo minha posição privilegiada para falar sobre isso, respeitosamente, quero deixar o meu total repúdio, em nome do Torcedores, sobre essa manchete machista e desrespeitosa do jornal.

Aguardaremos uma retratação não só com as meninas da seleção brasileira, mas com todas as mulheres do Brasil que são esportistas e que se sentiram desrespeitadas.