Cuca admite que Vampeta teve papel fundamental no planejamento do Palmeiras

Divulgação

Para o Campeonato Brasileiro, Cuca pediu ao Palmeiras a contratação de reforços escolhidos a dedo. Exemplo disso foi o meio-campista Tchê Tchê, destaque do Osasco Audax durante o Campeonato Paulista e que era cobiçado por Santos e Corinthians. Uma ligação dom treinador alviverde, então, convenceu o jogador a ir para a Academia de Futebol.

LEIA TAMBÉM:
Cuca revela que chegou a sugerir contratação de Diego ao Palmeiras
Palmeiras acabou preterido pela Globo mesmo campeão brasileiro e líder de audiência
Tchê Tchê revela por que preferiu Palmeiras em meio a assédio de Corinthians e Santos

Crefisa vai investir! Veja as NOVIDADES nas negociações do Palmeiras para 2017

Na verdade, Cuca telefonou primeiro para Vampeta, presidente do Audax, para encaminhar a negociação. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o ex-treinador do Palmeiras contou que o dirigente, conhecido pelos tempos de jogador do arquirrival Corinthians, tem peso no planejamento do Verdão em 2016.

“Quando cheguei ao Palmeiras, fui buscar o Tchê Tchê. Liguei para ele. ‘Vem cá, me ajuda’. Liguei para o Vampeta, que me ajudou muito. Palmeiras tem que agradecer a ele. Tchê Tchê estava enroscado, e o Vampeta foi fundamental para liberar o jogador”, contou Cuca.

Assim que desembarcou no Palmeiras, Tchê Tchê ganhou a confiança do treinador ao longo dos treinos e nunca mais saiu do time titular.

Para se ter noção, o camisa 32 disputou 37 das 38 partidas do Verdão na temporada e encerrou o Brasileirão como um dos melhores jogadores do torneio. Ele foi escolhido como um dos volantes de destaque do campeonato pela CBF na última segunda-feira.

Com tanto destaque, o Palmeiras pretende se reunir com os empresários do jogador propondo um aumento, já que recebe R$ 65 mil por mês, sendo o menor salário entre os titulares. A informação é do jornalista Jorge Nicola, da Rádio Bradesco Esportes FM.

Apesar de ter contrato até dezembro de 2018, a diretoria alviverde tenta prorrogar o seu vínculo para aumentar a multa rescisória.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.