Corinthians fecha 2016 com menos da metade dos atletas que se apresentaram em janeiro

Daniel Augusto Jr / Corinthians / Divulgacao

Durante a temporada 2016, o Corinthians passou por profunda reformulação em seu elenco, perdendo a base hexacampeã brasileira para o exterior. Para se ter uma ideia, dos 33 jogadores que se apresentaram no primeiro dia da pré-temporada em janeiro, apenas 14 permaneceram no Parque São Jorge até o último domingo.

Passaram imunes ao desmanche, os goleiros Cássio, Walter, Matheus Vidotto, Douglas (reforço) e Caíque França; os laterais Fagner, Uendel, Guilherme Arana e Samuel (voltou ao Sub-20); os zagueiros Pedro Henrique e Yago; os volantes Cristian e Marciel; os meias Danilo, Rodriguinho e Marlone (um dos primeiros reforços apresentados) e os atacantes Rildo, Romero e Lucca.

VEJA MAIS:
Com Corinthians, Globo tem a maior audiência na última rodada do Brasileirão desde 2011 
Para ex-diretor, Corinthians teria se classificado à Libertadores se tivesse mantido Fábio Carille 

Foram negociados o lateral-direito Edílson (Grêmio), os zagueiros Felipe (Porto) e Gil (Shandong Luneng-CHN), os volantes Elias (Sporting-POR), Bruno Henrique (Palermo) e Gustavo Viera (empréstimo ao Rubio Ñu-PAR); o meia Matheus Vargas (emprestado ao Oeste), os atacantes Luciano (emprestado ao Leganés-ESP), Pato (negociado com o Villarreal), Vagner Love (Monaco-FRA) e Malcom (Bordeaux-FRA). Sem espaço, o meia Alan Mineiro, uma das caras novas na apresentação, foi emprestado para o América-MG, e, depois Bragantino. Outra novidade, o lateral-esquerdo Moisés, que não disputou nenhum jogo oficial, foi emprestado ao Bahia.

Vale lembrar que do dia 6 de janeiro (início da pré-temporada) em diante, o Timão trouxe mais nove reforços (lista não contabiliza Jô, que só terá condições legais de jogo a partir de 2017): os zagueiros Vilson e Balbuena, os volantes Jean, Willians e Camacho, os meias Guilherme e Giovanni Augusto e os atacantes Gustavo e Bruno Paulo.

Saídas de jogadores do Corinthians de janeiro a dezembro de 2016:

Lateral-direito: Edílson (negociado em definitivo com o Grêmio)

Zagueiros: Felipe (negociado em definitivo com o Porto) e Gil (negociado em definitivo com o Shandong Luneng)

Volantes: Elias (negociado em definitivo com o Sporting), Bruno Henrique (negociado em definitivo com o Palermo) e Gustavo Viera (emprestado ao Rubio Ñu-PAR).

Meias: Matheus Vargas (emprestado ao Oeste) e Alan Mineiro (emprestado ao América-MG e Bragantino).

Atacantes: Alexandre Pato (emprestado ao Chelsea e depois negociado em definitivo com o Villarreal-ESP), Vagner Love (negociado em definitivo com o Monaco), Malcom (negociado em definitivo com o Bordeaux)

Observações:

O zagueiro Edu Dracena, o volante Ralf e o meia Renato Augusto não se reapresentaram no clube. O primeiro teve o contrato rescindido no final de dezembro de 2015 e acertou com o Palmeiras. Os dois últimos foram negociados em definitivo com o Beijing Guoan-CHN e passaram no CT apenas para se despedir dos demais companheiros.

Após a disputa da Copinha, o meia Matheus Pereira e o atacante Gabriel Vasconcelos foram integrados ao elenco. Ambos não terminaram o ano. O primeiro foi negociado em definitivo com o Empoli e o segundo foi emprestado para América-RJ e posteriormente ao Joinville. O atacante Steven Mendoza se reapresentou em 12 de janeiro e pouco tempo depois foi emprestado ao New York City.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)