CBF comete injustiça com artilheiro do Brasileirão; confira

Reprodução/Facebook

O Brasileirão 2016 chegou ao fim, mas as polêmicas envolvendo a competição ainda não terminaram. A eleição da seleção do Campeonato Brasileiro, feita pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), é a polêmica da vez ao deixar de fora jogadores que, na opinião de muitos torcedores, foram injustiçados.

Esse é o caso do meia Diego Souza, do Sport, que terminou a competição como um dos artilheiros da competição e não entrou na lista. Goleador máximo do Campeonato Brasileiro com 14 gols, o jogador do Leão da Ilha do Retiro ficou de fora da seleção oficial da competição e gerou revolta nas redes sociais.

LEIA MAIS:
VÍDEO MOSTRA O MOMENTO DA EXPLOSÃO EM ATENTADO NA TURQUIA

Crédito da Foto: Reprodução/Facebook