Após os Jogos Olímpicos, cresce o interesse em modalidades no Brasil

Jogos Olímpicos
(Reprodução: Site Oficial)

Os Jogos Olímpicos de 2016 entraram para a história, principalmente para o Brasil se for levar em consideração o número de telespectadores e interessados em acompanhar alguma modalidade.

O IBOPE Repucom, em um estudo inédito, levantou dados sobre a audiência de alguns esportes antes e depois das Olimpíadas. Foram feitas ondas de Sponsorlink para levantar os dados. No mês de abril, quando faltavam algumas semanas para o início dos jogos, a empresa apurou que 56% dos internautas estariam “muito interessados” ou “interessados” em assistir aos Jogos Olímpicos.

Leia mais: Veja, em números, a audiência dos Jogos Olímpicos

No mês de setembro, após o término do evento mundial, o número teve um crescimento de 9%, chegando a 61% de interessados ou muito interessados em assistir aos esportes. Este número seria equivalente a 47,3 milhões de internautas.

A pesquisa apontou que brasileiros estão mais interessados em esportes que costumavam ser menos populares no país. Entre eles o futebol feminino, judô, handebol e a vela.

O futebol feminino foi o esporte que mais teve audiência entre os menos populares. Se antes dos Jogos Olímpicos o interesse era de 34%, passou a ter mais da metade do interesse dos internautas, chegando a casa dos 51%.

Diretor executivo do IBOPE Repucom, José Colagrossi explicou que alguns fatores foram determinantes para o aumento da audiência em esportes, como medalhas conquistadas e chegada nas finais da competição:

“Em muitos casos, os bons resultados e medalhas acabaram sendo os fatores importantes, mas não exclusivos, para o aumento do acompanhamento efetivo de diversas modalidades.”

Antes da Olimpíada, vôlei, futebol (masculino e feminino) e a natação eram os esportes que prometiam ser os mais acompanhados, com 56% de pretensão. Com o término dos jogos, o futebol se destacou, chegando a marca dos 72%. O vôlei ficou na segunda posição com 69% e 65% optaram pela natação.

 

repucom
Imagem: IBOPE Repucom

 

A canoagem se destacou sendo o esporte que teve maior evolução de interesse dos internautas. Houve um aumento de mais de 162%, crescendo de 12 para 32%. A modalidade teve uma medalha de ouro inédita, conquistada por Isaquias Queiroz. O boxe, de Robson Conceição, medalha de ouro na categoria peso-leve, teve um crescimento de 67%. Mayra Aguilar, Rafael Silva e Rafaela Silva conquistaram medalhas no judô e o crescimento de audiência subiu para 54%.

 



Jornalista formado pela FIAM FAAM. Apaixonado por futebol independente do país ou divisão. Setorista do Palmeiras, Inter e esportes olímpicos, com preferência para o vôlei. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com