Volante do Corinthians confia em Libertadores e espera Inter “desesperado”

Corinthians
Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Autor do gol do Corinthians no empate em 1×1 contra o Figueirense nesta quarta, em Santa Catarina, o volante Camacho segue esperançoso na busca por uma vaga à Libertadores do ano que vem. Nos acréscimos, o Timão perdeu a chance de vencer o jogo graças a um gol irregular de Rafael Moura. O tropeço deixou o Corinthians no 7° lugar com 51 pontos, a um do G-6.

LEIA MAIS:

Contagem regressiva: Palmeiras pode se tornar o 7° campeão dos pontos corridos

Veja as prioridades de Romildo Bolzan em sua segunda gestão no Grêmio

“Agora são dois jogos em casa, temos que fazer seis pontos. Serão duas finais para a gente. A rodada não foi tão ruim para a gente, os times que estão brigando conosco perderam ou empataram”, avaliou Camacho, já na projeção dos jogos contra Inter e Atlético-PR.

No próximo domingo, o rival do Timão será justamente o Inter, na Arena Corinthians. O volante alvinegro espera que o rival chegue “desesperado” para o confronto, já que a briga contra o rebaixamento segue intensa nos lados do Beira-Rio. Nesta quinta, o Inter tenta diminuir o prejuízo contra a Ponte Preta, em Porto Alegre.

“Estamos a um ponto do G6, serão mais nove pontos disputados, sendo seis em casa. Temos que fazer nosso dever, o Inter virá desesperado e depois teremos um confronto direto. Estamos vivos na competição, é preciso recolher os cacos e ir em frente”, colocou.

“Desespero” do Inter pode aumentar em caso de tropeço nesta quinta

O Inter vai para uma verdadeira final de Copa do Mundo contra a Ponte Preta nesta quinta-feira. Atuando ao lado do seu torcedor, o time de Celso Roth precisa urgentemente de uma vitória para ganhar fôlego visando as três últimas rodadas. No momento, é 17° com 38 pontos, um a menos que o Vitória,  que enfrenta o Santos na Vila Belmiro às 19h30.

Na projeção de permanência na Série A, os matemáticos apontam que 45 pontos é o mínimo a ser atingido por cada time. Dentro desse contexto, o Inter precisaria mais sete pontos em 12 para escapar. Evidentemente, conta com os seis pontos em casa (Ponte Preta e Cruzeiro) e mais um a ser buscado fora, seja contra o Corinthians ou Fluminense na última rodada.

 

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.