Veja que a imprensa disse após a vitória do Corinthians sobre o Inter

Crédito da foto: Divulgação / Twitter oficial Corinthians

“A vitória do Corinthians sobre o Internacional (1 a 0) na noite de segunda-feira (21), na Arena, teve vários ingredientes comuns citados pelos principais veículos de imprensa. O pênalti polêmico e a iminente queda para a Serie B do time gaúcho foram alguns deles.

LEIA MAIS
CORINTHIANS VENCE COM PÊNALTI DUVIDOSO E AFUNDA INTER NO Z4

Para o UOL, a penalidade máxima foi marcada após um empurrão “quase imperceptível” – ou, em outras palavras da própria matéria, “não houve empurrão significativo do zagueiro Ernando” sobre Angel Romero. Fagner foi eleito o melhor da partida – menos pelo abuso da violência e mais por oferecer várias oportunidades no ataque alvinegro.

Para o Lance, o nível técnico da partida esteve bem abaixo de outros confrontos decisivos entre as equipes. Para o jornal, a trave e a boa atuação de Danilo Fernandes evitaram que o placar fosse mais elástico, ainda que, em muitos momentos, o jogo tenha ganhado “ares de pelada, com muitos passes errados, chutões e faltas a todo momento”. Sobre o pênalti, a publicação o classificou apenas como “polêmico” e “duvidoso”.

A ESPN também não crava se o houve acerto ao marcar a falta dentro da área. “A arbitragem viu ação faltosa do zagueiro do Internacional e marcou pênalti”. O site da emissora acredita que o jogo foi fraco no primeiro tempo, mas que ganhou boas chances após o gol. O Inter chegou a assustar, mas as melhores chances saíram dos pés de Marquinhos Gabriel e Léo Jabá.

A Fox Sport vai na contra mão dos outros veículos ao afirmar que o Corinthians “mostrou bom futebol”, ao passo que não tem receio em afirmar que o Timão “precisou da ajuda do árbitro Rodolpho Toski Marques para anotar seu único gol”, em pênalti “inexistente”.

Para o R7, “o duelo em Itaquera começou com o Corinthians dominando o jogo e mostrando boa movimentação com Marquinhos Gabriel, Uendel e Marlone”. O portal não se envolve na polêmica da penalidade, ao dizer que ‘o juiz entendeu que Ernando empurrou o atacante paraguaio”.



Mídias Sociais da AS Roma Brasil, MBA em Gestão Estratégica de Negócios, blogueiro desde 2007 e radialista amador. Escreve sobre futebol italiano, automobilismo e o que aparecer, mas gosta mesmo é de contar boas histórias