Veja quais resultados são necessários para o Inter não ser rebaixado

Inter
Foto: Divulgação Twitter

A situação do Inter se agravou no Brasileirão após a derrota para o Corinthians por 1×0 nesta segunda-feira. Com um gol de pênalti marcado por Marlone, o time paulista venceu o jogo e empurrou o Inter para a beira do abismo. Com 39 pontos em 17° lugar, com três a menos que o Vitória faltando dois jogos, os gaúchos têm mais de 90% de chance de serem rebaixados e assim enfrentarem a primeira queda na história.

LEIA MAIS:

Reservas do Grêmio brilham na Arena e torcida manda recado para o Inter

Messi? Cristiano Ronaldo? Conheça o jogador mais rico do mundo

“A gente teve dois dias de treinamento só. É pouco. O primeiro nem 48 horas depois do jogo (contra a Ponte Preta) e o outro na véspera. Difícil de fazer uma proposta mais elaborada. Mas a estratégia era fechar e sair na transição. Na primeira parte, não tomamos o gol, equilibramos o jogo, colocamos um tripé no meio, com o Anderson de armador. Mas não conseguimos a vantagem pessoal. Eles não chegaram tanto, mas também não agredimos, não conseguimos acossar o adversário”, lamentou Lisca, técnico do Inter, após a derrota para o Corinthians.

Para ainda tentar um milagre, o Inter encara o Cruzeiro em casa no domingo e o Fluminense no Rio de Janeiro na última rodada. Seu rival mais direto, o Vitória, visita o Coritiba e recebe o Palmeiras. O Sport, com 43 pontos, é o outro time que ainda tem chances de cair, mas encara dois rivais, em tese, mais fracos: América-MG fora de casa e Figueirense, no Recife. Veja a projeção de resultados necessária para o Inter permanecer na elite:

Com seis pontos:

Eis aqui a melhor e praticamente única chance do Inter escapar da segundona. Se fizer os seis pontos contra Cruzeiro e Fluminense, o time de Lisca irá a 45 e terá que torcer para que o Vitória some no máximo dois pontos. Se os baianos fizerem três, tudo ficará na dependência do saldo. No momento, o Vitória tem cinco gols de vantagem sobre o Inter. Caso chegue a 45, o colorado também ultrapassa o Sport se caso os pernambucanos não fizerem mais que dois pontos contra América-MG e Figueirense.

Com quatro pontos:

Se deixar escapar uma vitória nos dois jogos restantes, somente um grande milagre livra o Inter da queda. Caso vença o Cruzeiro e empate com o Fluminense, por exemplo, o time vai a 43 pontos e terá que torcer para que o Vitória perca os seus dois jogos ou, no máximo, empate um deles – isso se o Inter descontar a diferença de cinco gols de saldo.

Com três pontos:

Neste cenário, somente um caso mais do que extremo livraria o Inter da degola. Além do Vitória ter que perder os seus dois jogos para Coritiba e Palmeiras, ficando assim com 42 pontos, o colorado teria que tirar a diferença de cinco gols de saldo. Se, nas duas rodadas restantes, o Inter fizer dois pontos ou menos estará automaticamente rebaixado.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.