Veja o que o Corinthians precisa fazer para garantir vaga na Libertadores

Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Após quatro rodadas, o Corinthians quebrou o jejum de vitórias no Brasileirão ao derrotar o Internacional (1 a 0) na noite da última segunda-feira, em Itaquera, e reassumiu a sétima colocação na tabela, com 54 pontos ganhos, um atrás do Botafogo, quinto colocado. Marlone, de pênalti, fez o único gol da partida.

LEIA MAIS:
Denilson zoa Renata Fan após mais uma derrota do Inter 
Corinthians terá retorno de quatro jogadores para “decisão” do próximo sábado 

Com o resultado do início de semana, o Corinthians continua dependendo de suas próprias forças nas duas rodadas finais para garantir a vaga na fase preliminar da Copa Libertadores 2017.

O próximo jogo é um confronto direto pelo G-6. No sábado, o Timão enfrenta o Atlético-PR (quinto colocado), novamente na Arena. Fazendo o dever de casa contra os paranaenses, a equipe vai terminar a rodada entre os seis primeiros colocados. Na última rodada, o alvinegro terá pela frente o Cruzeiro, no Mineirão. Sem chances de rebaixamento e vaga na Libertadores, a Raposa vai apenas cumprir tabela.

E se o Corinthians fizer apenas quatro pontos na sequência final? Resposta: continua com chances de Libertadores, mas para isso precisa torcer para que Botafogo e Atlético-PR, clubes que estão à sua frente não vençam. Além disso, torcer para que o Grêmio não derrote Santa Cruz e Botafogo, esse último concorrente direto ao G-6.

De acordo com o site Chance de Gol, o Corinthians tem 41% de chances de terminar o campeonato entre os seis primeiros colocados, exatamente a mesma probabilidade calculada pelo site Infobola, do matemático Tristão Garcia.

Jogos restantes ao Corinthians:

27/11 (sábado) – 21h – Atlético-PR (em casa)

4/12 (domingo) – 17h – Cruzeiro (fora)

Foto: Reprodução/Footstats
Foto: Reprodução/Footstats


Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)